menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
VITÓRIA TRANQUILA
ESPORTES
ESPORTES
VITÓRIA TRANQUILA
Postada em 21/01/2018 ás 21h25 - atualizada em 21/01/2018 ás 21h25
Atlético estreia diante da torcida em 2018 com vitória tranquila sobre Democrata-GV
Elias e estreante Róger Guedes definem triunfo do Galo no Independência
Atlético estreia diante da torcida em 2018 com vitória tranquila sobre Democrata-GV

Róger Guedes comemora com Gabriel; atacante fez boa partida e anotou segundo gol do Atlético

A primeira partida do Atlético na temporada 2018 não poderia terminar de melhor maneira para a torcida. Com força máxima do elenco em campo e estreia de quatro reforços (o lateral-direito Samuel Xavier, o volante Arouca e os atacantes Ricardo Oliveira e Róger Guedes), o Galo superou Democrata-GV por 3 a 0, neste domingo, no Independência, pela segunda rodada do Campeonato Mineiro. Os gols da tranquila vitória alvinegra foram marcados por Elias, duas vezes, e Róger Guedes.  



O Atlético não atuava diante da torcida desde a rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro, em 3 de dezembro do ano passado. O triunfo sofre o time de Governador Valadares foi o primeiro do Galo em 2018 – a equipe alternativa perdeu os dois jogos na Florida Cup, e os reservas empataram com o Boa Esporte na abertura do Estadual.  

Com o resultado, o Atlético chega a quatro pontos e assume a liderança do Mineiro pelo saldo de gols. O próximo compromisso do time de Oswaldo de Oliveira na competição será nesta quinta-feira, às 18h30, contra o Villa Nova, no Castor Cifuentes, em Nova Lima. Já o Democrata, que perdeu a segunda partida no Estadual, busca a recuperação em confronto com o Boa, em Varginha, às 20h desta quarta. 

Vitória construída sem 'esforço'

O primeiro tempo começou morno. O Galo arriscou alguns lances em velocidade pelas pontas, com Samuel Xavier, Róger Guedes e Otero, mas sem contundência. Apesar do ritmo lento da partida, o Atlético abriu o placar aos 8 minutos. Em cobrança de falta pela esquerda, Otero levantou a bola para a pequena área. Elias, na primeira trave, se desvencilhou dos marcadores e desviou de cabeça, no canto direito de Ramon: 1 a 0.  Este foi o primeiro gol do Alvinegro na temporada depois de três jogos.

Mesmo sem aumentar o ímpeto, o Atlético ampliou o placar aos 12 minutos. Otero ganhou disputa de bola no meio-campo e tocou para Cazares. O equatoriano avançou pela ponta esquerda, chegou à risca da grande área, ergueu a cabeça e cruzou para Róger Guedes. O atacante estreante entrou livre na segunda trave e, de primeira, completou para o gol: 2 a 0

Aos 16 minutos, o outro atacante estreante da tarde, Ricardo Oliveira, perdeu a chance de anotar o terceiro gol atleticano, após bela jogada entre Róger Guedes e Samuel Xavier. O centroavante recebeu cruzamento do lateral-direito e finalizou rasteiro. A bola saiu à esquerda da trave de Ramon. Porém, dois minutos depois, a torcida alvinegra voltaria a comemorar no Independência. Róger Guedes criou mais um bom lance e lançou Otero, que invadiu a grande área e foi à linha de fundo. O venezuelano cruzou, Cazares ajeitou de cabeça, e Elias arrematou para as redes, anotando o segundo gol dele no jogo: 3 a 0 para o Galo. 

O Atlético manteve o domínio no restante da etapa. Cazares e Otero arriscaram chutes bons de longa distância; Róger Guedes continuou intenso no ataque. A única ameaça do Democrata foi em forte finalização de Fernandão que acertou a trave de Victor, aos 44 minutos.   

Ritmo diminui, mas domínio continua

O Atlético conduziu o segundo tempo com mais tranquilidade, trocando passes na intermediária, sem pressa. Em busca do gol na estreia, Ricardo Oliveira brigou bastante no ataque. No entanto, o camisa 9 não teve chances claras para finalização. Com a falta de ímpeto do time mandante, o Democrata conseguiu trabalhar as jogadas ofensivas, mas desperdiçou as raras oportunidades – como no cabeceio de Romário, que, sozinho na pequena área, mandou sobre o travessão.



Como usou o time considerado titular pela primeira vez no ano, Oswaldo de Oliveira deixou os jogadores ganharem ritmo e demorou a fazer as substituições. Aos 36 minutos, o comandante trocou a dupla de volantes: Yago e Gustavo Blanco nos lugares de Elias e Arouca. Aos 41min, Otero, bastante aplaudido, deixou o gramado para a entrada de Erik. Mesmo com as mudanças, o Atlético seguiu com a maior posse de bola, sem corres riscos, e sacramentou a vitória no Horto. 



ATLÉTICO 3 X 0 DEMOCRATA

Atlético: Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Arouca (Yago, aos 36min do 2ºT), Elias (Gustavo Blanco, aos 36min do 2ºT), Otero (Erik, aos 41min do 2ºT) e Cazares; Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Técnico: Oswaldo de Oliveira. 

Democrata: Ramon; Mike (Leandro, no intervalo); Allan Miguel, Carlão e Henrique (Ribeiro, aos 45min do 1ºT); Marcelo Rosa, Alan, Kaio e Fernandão; Romário (Jones, aos 21min do 2ºT) e Guilherme. Técnico: Gilvan Estevam. 

Gols: Elias, aos 8min do 1ºT e aos 18min do 1ºT; Róger Guedes, aos 12min do 1ºT

Cartões amarelos: Elias (Atlético); Carlão (Democrata)

Motivo: segunda rodada do Campeonato Mineiro

Local: estádio Independência, em Belo Horizonte

Data: 21 de janeiro de 2018 (domingo)

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas (CBF)

Auxiliares: Marcus Vinícius Gomes (CBF) e Marcyano da Silva Vicente (CBF)

Público: 20.216

Renda: R$ 163,731



Assita os melhores momentos do jogo:



 


FONTE: Da redação com/Superesportes
leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
2603 votos - 72.5%

Não
986 votos - 27.5%

facebook
publicidade
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados