menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
LITERATURA
CULTURA
CULTURA
LITERATURA
Postada em 11/04/2017 ás 16h47 - atualizada em 11/04/2017 ás 16h47
Escritora prepara lançamento de Vermillion
Bella Lagoreiro, 20 anos, representa uma nova geração de escritores e de ver o mundo
Escritora prepara lançamento de Vermillion

A escritora Bella Lagoreiro (Arquivo pessoal)

“Escrever, para mim, significa muita coisa. Escrever não é simplesmente dar voz aos sentimentos e expressar coisas belas através das palavras. Escrever é também tomar partido, é se posicionar e se engajar em causas, é criar novos mundos cheios de possibilidades e onde as pessoas podem se aventurar e, talvez, encontrar ali uma sensação de pertencimento. Todas essas eram e são necessidades minhas sempre que escrevo, e é só através da escrita que posso encontrar paz para essas questões dentro de mim.” Melhor definição não há para Bella Lagoreiro, escritora, por ela mesma. Aos 20 anos, prepara a estreia do livro Vermillion.



 



O lançamento da obra será no  dia 29 de abril, às 16h, na Câmara Municipal de Inhaúma. A publicação é da Editora Multifoco. Apesar de ser tão jovem, Bella relata que seu encontro com a literatura já começou em casa, “um hábito por influência do meu pai”, destaca. Desde então, sempre leu muito e, com o apoio da família e amigos, era presenteada com...livros! “Mas só comecei a ter uma relação mais estreita com a literatura e a escrever aos 13 anos”, diz Bella.



A obra -  Vermillion conta a história de Dório, um dominador, que assume a posição de Katrina depois de sua morte. Ela foi cruelmente assassinada e Dório, com a ajuda de Mariana, Joaquim e Ana, começa a investigar o crime, e durante essa investigação se desenrolam novos mistérios, um romance e muitas reflexões acerca da prática do sadomasoquismo e da sexualidade.



Qual sua expectativa?, indaga Megacidade.com a Bella Lagoreiro, a escritora. “A minha expectativa é de que minha obra seja difundida e conhecida pelo maior número possível de pessoas, e que elas possam adentrar no mundo que eu fui capaz de criar. Sei que o tipo de literatura que escrevo, de terror, tem fãs muito fiéis e engajados, e espero que eles possam acompanhar meus futuros trabalhos e se sintam representados por mim”, acentua.



 



Da Redação, por Caio Pacheco


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Qual show você gostaria de ver na 51ª Exposete?

Wesley Safadão
1434 votos - 24.7%

Outro
1118 votos - 19.2%

Marília Mendonça
1069 votos - 18.4%

Jorge e Matheus
833 votos - 14.3%

Simone e Simaria
508 votos - 8.7%

Cabaré (Leonardo e Eduardo Costa)
442 votos - 7.6%

Gustavo Lima
412 votos - 7.1%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados