menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
PARAOPEBA
ENTRETENIMENTO
ENTRETENIMENTO
PARAOPEBA
Postada em 10/08/2017 ás 07h36 - atualizada em 10/08/2017 ás 07h36
Paraopeba comemora 1º lugar da “Companhia Jovem” no “Festival de Dança de Joinville 2017”
Vencedores foram recebidos com carreata festiva pela cidade
Paraopeba comemora 1º lugar da “Companhia Jovem” no “Festival de Dança de Joinville 2017”

A “Companhia Jovem de Dança de Paraopeba”, ganhadora em 1º lugar no “Festival de Dança de Joinville 2017”, na Categoria Dança Contemporânea/Conjunto/Sênior, liderada pelo coreógrafo Alan Keller, foi recebida com carreata festiva na chegada à Parapeba, no dia 3 de agosto último. Vale frisar que o Festival é um dos mais concorridos e prestigiados do Brasil e do mundo.



Além da programação competitiva, que inclui balé clássico, neoclássico, jazz, sapateado e danças populares, o evento realizado entre os dias 18 e 29 de julho, apresentou mostras de dança, workshops e outras atividades. A “Companhia Jovem de Dança de Paraopeba” conquistou o 1º lugar no dia 25 de julho com a apresentação da coreografia “Amal”, que traduzida do árabe significa “esperança” e segundo Alan Keller em uma mídia de internet, “faz uma releitura do conflito humanitário na Síria”. E completa: “Os apelos da menina Bana Alabed, de Aleppo, nos comoveu”, destaca.



Cabe ressaltar que a proposta de criação da “Companhia de Dança” surgiu há 12 anos, liderada por Alan Keller que havia sido convidado a assumir a diretoria de Cultura de Paraopeba. "Começamos como um projeto social chamado ‘Paraopeba Cidadã’ que atenderia uma juventude ociosa", conta. O prefeito Juca Bahia felicitou a “Companhia Jovem de Dança de Paraopeba” pela vitória: “Parabéns aos nossos artistas que tão bem nos representaram. Sucesso! A Vitória é de cada cidadão que se orgulha de vocês!”



Para o coreógrafo a cidade catarinense é um lugar de muita produção, conhecimento e trocas. “Joinville é incrível! Esta é a primeira vez que todo o elenco vence junto no mesmo palco. "Nos corações dos nossos bailarinos, o que não falta é força de vontade. Somos muito gratos ao Festival por permitir criar uma ponte entre Paraopeba e o mundo. A dança nos proporciona sonhos. E Joinville proporciona a realização deles. Não vamos parar!", comemora.



 



FONTE: Da redação
leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
59 votos - 81.9%

Não
13 votos - 18.1%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados