menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
ENSINO
EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃO
ENSINO
Postada em 21/08/2017 ás 13h55 - atualizada em 21/08/2017 ás 13h55
Governo de Minas Gerais facilita acesso a cursos gratuitos de profissionalização em nível superior
Com um mercado competitivo, as duas universidades públicas estaduais têm ofertado cada vez mais cursos e atividades, utilizando recursos próprios ou parcerias
Governo de Minas Gerais facilita acesso a cursos gratuitos de profissionalização em nível superior

Turma recém-forma em Pedagagocia, na cidade de Januária, pela Unimontes (Divulgação Unimontes)

Ao longo dos últimos anos, a sociedade global vem passando por permanente transformação, especialmente no que se refere à inovação de processos e de produtos. Contudo, para que isso se tornasse possível, foi necessário ampliar as oportunidades de formação e qualificação de mão de obra. Um dos fatores mais importantes tem sido a maior oferta de cursos totalmente gratuitos no âmbito do Governo de Minas Gerais.



Nesse contexto, a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e a Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) oferecem, além dos cursos regulares a cerca de 30 mil estudantes, outras possibilidades de ensino presencial, semipresencial ou a distância para profissionalizar cidadãos em diversas áreas.  



Com a expectativa de expandir a sua atuação nas áreas em que se destaca no ensino, pesquisa e extensão, a Unimontes está com 500 vagas abertas e gratuitas para municípios onde existem polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB).



Os cursos online são os seguintes: Licenciatura em Pedagogia, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão de Saúde Pública, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e de Tecnologia em Sistemas para Internet.



Nesse projeto, a parceria se dá com o Ministério da Educação (MEC), por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).



As inscrições poderão ser feitas até 31 de agosto pelo endereço eletrônico www.ceps.unimontes.br Segundo a Unimontes, o processo seletivo contempla o sistema de reservas de vagas e tem caráter eliminatório e classificatório, com provas de múltipla escolha e conteúdos específicos.



As provas serão aplicadas no dia 7 de janeiro de 2018 nos polos escolhidos pelos candidatos no ato da inscrição. Podem concorrer às vagas, os candidatos que já tenham concluído o ensino médio ou equivalente.



As aulas vão ocorrer na modalidade de educação a distância em municípios-polo que integram o programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), conforme o quadro acima.



Para Núbia Abreu Santos, recém-formada em Pedagogia pelo polo da UAB/Unimontes em Januária, participar da colação de grau e comemorar com amigos e familiares foi uma missão cumprida que fará muita  diferença na sua vida profissional.







“São 23 anos trabalhando em escolas, apenas com o magistério e agora a graduação representa um sonho conquistado. Hoje me sinto realizada, querendo prosseguir cada vez mais”, afirma. 



“Essa trajetória na graduação melhorou a minha formação e o meu currículo. E como a educação é um processo cíclico e contínuo, a Pedagogia, como mãe das licenciaturas, veio para aperfeiçoar e complementar o exercício da profissão”, revela o professor Carlos César de Carvalho, que também colou grau em Pedagogia em Januária pelo polo UAB/Unimontes.



Pós-graduação ao alcance de todos



E para quem sai da graduação e quer começar a dar aula, a Unimontes oferece, desde 2011, sem nenhum ônus, a pós-graduação lato sensu “Didática e Metodologia do Ensino Superior”. 



Com 40 vagas anuais e modalidade presencial, o curso tem sido fundamental para quem deseja entrar no mundo acadêmico e ainda não fez nenhuma especialização. As inscrições se encerraram em 14 de julho.



No mês passado foram abertas 1,2 mil vagas em oito cursos online gratuitos de pós-graduação lato sensu.  O edital contemplou 14 municípios: Francisco Sá, Taiobeiras, Urucuia, Várzea da Palma, Buritizeiro, Francisco Sá, Pedra Azul, Montes Claros, Pompéu, Almenara, Bocaiúva, Carlos Chagas, Brasília de Minas e Itamarandiba.



Essa ação do Centro de Educação a Distância (Cead/Unimontes) é parte da proposta da instituição de criar oportunidades para melhorar capacitação profissional.



As áreas são: “Educação Popular e Valores Humanos”, “Informática na Educação”, “Gestão Ambiental”, “Gestão Escolar”, “Linguística Aplicada ao Ensino de Português”, “Educação Física Escolar”, “Supervisão Educacional” e “Educação a Distância”.



Na Uemg



Recentemente, a Uemg ofereceu duas pós-graduações lato sensu: Gestão Pública e Gestão Pública Municipal, cujas aulas serão iniciadas ainda neste semestre. Foram 120 vagas ofertadas e o tempo de duração do curso é de 18 meses com 450 horas-aula. Mais informações: www.uemg.br/noticia_detalhe.php?id=9234.



Também pelo ensino a distância, a Uemg está finalizando, neste semestre, as turmas de graduação em Administração Pública e Pedagogia. Novas turmas deverão ser oferecidas em 2018 após aprovação de novo convênio com o Ministério da Educação, previsto para ocorrer até o fim deste ano.



A realização desses cursos se dá em parceria com o Sistema UAB/Capes, de modo que outras ofertas dependem da divulgação de novos editais do Ministério da Educação, o que deve ocorrer até o fim deste ano para novas turmas em 2018.



Cursos de extensão



A extensão tem sido um caminho bastante explorado pela Universidade do Estado de Minas Gerais para melhorar a qualificação dos profissionais diversos formados pela própria Uemg e em outras instituições.



Ainda na modalidade EaD, a Uemg oferta regularmente cursos de extensão gratuitos. No dia 21 de agosto serão abertas inscrições para 'Introdução a EaD', 'Moodle Básico', 'Coordenadores de Tutoria em EaD' e 'PREZI'. As aulas começam no dia 5 de setembro.



Sobre a extensão, a universidade oferta continuamente uma diversidade de atividades, como cursos, eventos e projetos. O cadastro das ações previstas para este ano reúne mais de 500 atividades, cujo material poderá ser consultado online no site da Uemg: www.uemg.br/extensao_consulta.php.



Por meio desse link, o cidadão consegue encontrar atividades com base na cidade/unidade acadêmica de realização, área do conhecimento e temáticas principais. Ao clicar em cada resultado da consulta é possível conferir outros detalhes da atividade, incluindo o contato para mais informações. 



Como exemplos mais recentes da oferta estão os cursos de curta duração da Escola de Design, com matrículas em andamento, que vão da introdução ao tricô à fotografia digital (www.uemg.br/noticia_detalhe.php?id=9633).



Há também o curso de Extensão em Libras, que será realizado pela Unidade Divinópolis (www.uemg.br/noticia_detalhe.php?id=9579) e tem como público-alvo os professores das redes públicas municipal e estadual, bem como de escolas particulares, além de profissionais liberais, acadêmicos e demais interessados.



Outros destaques são os tradicionais cursos livres de extensão da Escola Guignard (www.uemg.br/noticia_detalhe.php?id=8923), que anualmente oferece à comunidade a possibilidade de estudar e colocar em prática conhecimentos que transitam pelas artes plásticas. 



Cursos técnicos



Mas o mercado de trabalho precisa também de bons técnicos e não apenas graduados ou pós-graduados. Por essa razão, existe o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que tem o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio e cursos de formação inicial e continuada.



O Pronatec tem sido um caminho para a profissionalização de milhares de trabalhadores, desde 2011, também com cursos gratuitos.



No estado há diversas instituições parceiras do programa federal, entre elas a Unimontes, que alcança boa parte do território mineiro, em polos descentralizados.



Entre as muitas ofertas de profissionalização estão os cursos de Assistente Administrativo,Balconista de Farmácia e Auxiliar de Recursos Humanos. Os interessados nas seis centenas de cursos de qualificação e 220 cursos técnicos ofertados pelo Pronatec devem procurar mais informações nos municípios para saber quais deles são oferecidos.



Mediotec



E a partir deste ano começam a funcionar os cursos do Pronatec/Mediotec, cujos alunos passaram por um processo seletivo realizado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE).



O Mediotec se destina ao estudante de escolas públicas que esteja cursando o ensino médio regular e seja interessado em se formar técnico.  Os cursos oferecidos nessa modalidade são totalmente presenciais e a carga horária varia de 1.200 a 1.440 horas.



Pela parceria da Unimontes/Mediotec estão sendo contemplados os seguintes municípios: Montes Claros, Bocaiuva, Brasília de Minas, Espinosa, Francisco Sá, Grão-Mogol, Janaúba, Januária, Lontra, Minas Novas, Mirabela, Pompéu, Rio Pardo de Minas, Salinas, São Francisco, São João da Ponte, São João do Paraíso, Teófilo Otoni e Varzelândia.



Entre os diversos cursos estão: Técnico em Enfermagem, Técnico em Agronegócio,Técnico em Saúde Bucal, Técnico em Fruticultura e Técnico em Zootecnia.



Uaitec



Outra possibilidade de profissionalização sem nenhum custo ao aluno, no âmbito do Governo do Estado, se dá nas 95 unidades da Universidade Aberta e Integrada de Minas (Uaitec).



O projeto é do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), com 95 polos de educação a distância.



Atualmente são 80 cursos de capacitação, profissionalizantes e de idiomas. O número de matriculados chega a quase 170 mil. E desde 2017 já são 427 mil pessoas atendidas. 



O público-alvo é o cidadão que busca o acesso às tecnologias da informação e da comunicação e aquele que precisa da qualificação profissional para o primeiro emprego ou para retornar ao mercado de trabalho.



Universidades do Estado em números



A Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) possui hoje aproximadamente 20 mil estudantes em 115 cursos presenciais de graduação gratuitos distribuídos por 20 unidades acadêmicas em 16 municípios.



O processo seletivo para acesso às vagas que serão ofertadas em 2018 deve ser realizado neste semestre. 



A Uemg foi criada pela Constituição Mineira em 1989, com a missão de promover o ensino, a pesquisa e a extensão, a fim de formar cidadãos comprometidos com o desenvolvimento e a integração da sociedade.



A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) completou, em abril deste ano, 55 anos de ensino superior público gratuito. Atualmente são 12 mil alunos matriculados na graduação, pós-graduação (lato sensu e stricto sensu), cursos a distância, profissionalizantes e tecnólogos em 87 cursos de graduação (56 regulares e 31 a distância); 16 mestrados próprios e três doutorados.



A Unimontes tem 12 campi em 12 cidades do Norte, Vale do Jequitinhonha e Noroeste. O campus-sede está em Montes Claros.




leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
59 votos - 81.9%

Não
13 votos - 18.1%

facebook
twitter
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados