menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
EDUCAÇÃO
POLÍTICA
POLÍTICA
EDUCAÇÃO
Postada em 07/09/2017 ás 08h37 - atualizada em 07/09/2017 ás 20h00
Deputado Douglas Melo solicita reforma de escolas da região à secretária de Estado de Educação
Danos estruturais e problemas na instalação elétrica de escolas de Paraopeba e Funilândia colocam estudantes em risco. Secretária garantiu medidas rápidas
Deputado Douglas Melo solicita reforma de escolas da região à secretária de Estado de Educação

Deputado Douglas Melo se reúne com a secretária de Educação Macaé Evaristo e prefeitos na Cidade Administrativa (Foto Ascom Dep. Douglas Melo)

Telhado quebrado, infiltrações nas salas de aula, encanamento comprometido, caixa d’água que ameaça ceder, rachaduras enormes nas paredes. Essa é a situação em que se encontra a Escola Estadual Joaquina Cândida Moreira, que fica no bairro Dom Bosco, em Paraopeba. Os problemas trazem riscos para os 283 alunos entre 6 e 12 anos que frequentam a escola diariamente, além dos professores e funcionários da instituição, que atende crianças em vulnerabilidade social.





​Dano no teto do prédio da E. E. Joaquina Cândida Moreira, em Paraopeba. Fotos cedidas pela direção da escola.



​“Hoje, há rachaduras que dão pra você colocar um braço, que atravessam o lado lateral do muro de fora da escola. Ali tem risco de desabamento já comprovado por pedreiros experientes. A infraestrutura da escola está toda necessitada de uma reforma com urgência. Inclusive, recebemos uma visita não-oficial de um bombeiro que falou que se ele estivesse ali oficialmente, iria interditar uma parte do lugar”, afirma a diretora da E. E. Joaquina Cândida Moreira, Rosimeire Brusinga.







​Rachaduras no prédio da E. E. Joaquina Cândida Moreira, em Paraopeba. Fotos cedidas pela direção da escola.



Mas Paraopeba não é a única cidade com escolas públicas em condições precárias. Em Funilândia, a Escola Estadual Aluísio Ferreira de Souza também passa por sérios problemas estruturais, como infiltrações e trincas nos muros. Mas, de acordo com a vice-diretora Sirlene Ribeiro, a maior preocupação é com a instalação elétrica do edifício. “Nós tivemos um incidente aqui um tempo atrás, na biblioteca. Tinha um ventilador e ele pegou fogo. Então veio o pessoal do Corpo de Bombeiros, e eles falaram que a rede estava toda comprometida”, conta Sirlene. A fiação da rede elétrica fica toda exposta na instituição, que recebe cerca de 480 alunos entre 12 e 18 anos.





Local onde ventilador pegou fogo por causa do comprometimento da rede elétrica, na Biblioteca da ​E. E. Aluísio Ferreira de Souza, no centro de Funilândia. Foto cedida pela direção da escola



Buscando medidas urgentes para solucionar esses problemas, o deputado estadual Douglas Melo se reuniu na tarde da última segunda-feira (04/09) com a secretária de estado de educação, Macaé Evaristo, na Cidade Administrativa. Acompanhado dos prefeitos das cidades de Paraopeba e Funilândia, além da secretária de educação de Paraopeba, da diretora e da secretária da escola do município, o deputado solicitou a reforma urgente da E. E. Joaquina Cândida Moreira. Ele solicitou também a liberação de um recurso de R$ 350 mil reais já previsto em um termo assinado pela secretaria de educação no final do ano passado para a ampliação e reforma da E. E. Aluísio Ferreira de Souza.​





Em resposta, Macaé Evaristo anunciou que vai enviar um técnico da Superintendência Regional de Educação até Paraopeba para que seja feita uma avaliação da escola pública do estado. Se for constatada a necessidade, um outro espaço será alugado para o funcionamento provisório da escola até que a reforma esteja pronta. A secretária ainda solicitou uma planilha atualizada dos gastos da obra.



Para a escola de Funilândia, Macaé garantiu que a secretaria de educação fará a obra de reestruturação da parte elétrica imediatamente, em parceria com a prefeitura do município.



Uaitec



Além disso, o deputado também solicitou, juntamente com o prefeito de Jequitibá, a construção de duas salas para a implantação do Uaitec na cidade. O Uaitec é um programa do governo que visa oferecer, de forma gratuita, qualificação profissional por meio de uma rede de pólos de educação à distância. A secretária de estado de educação garantiu a realização das obras já nos próximos meses.



Patrícia Brandão/Ascom Dep. Est. Douglas Melo




leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
1217 votos - 69.9%

Não
524 votos - 30.1%

facebook
publicidade
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados