menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
BARRAGINHAS
TECNOLOGIA
TECNOLOGIA
BARRAGINHAS
Postada em 27/09/2017 ás 14h01 - atualizada em 27/09/2017 ás 14h12
Dia de Campo “Bacias de Captação de Enxurradas – Tecnologia para contenção de solos e recarga do lençol freático” acontece nesta sexta-feira em Paraopeba
O evento é uma realização da Emater-MG, em parceria com a Prefeitura Municipal, a Coapa, empresa Emak e a Família Correa
Dia de Campo “Bacias de Captação de Enxurradas – Tecnologia para contenção de solos e recarga do lençol freático” acontece nesta sexta-feira em Paraopeba

A Emater-MG, em parceria com a Prefeitura Municipal de Paraopeba, a Cooperativa Agropecuária de Paraopeba (Coapa), a Emak - empresa do Paraná de máquinas agrícolas e a Família Correa, realizam nesta sexta-feira (29), de 13 às 17 horas, na Fazenda Boqueirão de propriedade do Sr. Helvécio Correa, o Dia de Campo “Bacias de Captação de Enxurradas – Tecnologia para contenção de solos e recarga do lençol freático”.



O evento tem a seguinte programação: inscrição às 13 horas, abertura com o prefeito Juca Bahia às 13h20min, palestras, demonstrações técnicas e sorteios de brindes a partir das 13h30min e encerramento com confraternização às 17 horas.



 Imagem ilustrativa do Google



De acordo com a extensionista de Bem-Estar Social II da Emater Paraopeba, Maristane Coelho, o Dia de Campo tem o objetivo de difundir a tecnologia da barragem de captação de enxurradas, que contribuirá para a contenção do solo e reabastecimento do lençol freático. “Estamos tendo no município muita falta de água e um dos caminhos é tornar esse evento uma forma de difundir essa tecnologia, que é uma possibilidade de melhoria do volume de água nas propriedades”, aponta.



Também o extensionista Agropecuário II da Emater Paraopeba, Luiz Bruzzi avalia que esse evento tem uma importância fundamental, principalmente para as regiões dos produtores que necessitam de água. “Vemos que a área do Rio do Chico está com uma carência muito grande, principalmente em sua nascente. A partir desse evento, podemos conseguir um projeto para viabilizar o retorno da água, não só no córrego, mas também nas nascentes próximas naquela região. Esse pode ser um nascedouro de um ideal maior para toda Paraopeba, visando não só o Rio do Chico, mas todos os córregos da região que possam ser beneficiados por um projeto dessa magnitude.”, conclui.



Da redação





 


leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
1521 votos - 70.0%

Não
651 votos - 30.0%

facebook
publicidade
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados