menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
COINCIDÊNCIA
ESPECIAIS
ESPECIAIS
COINCIDÊNCIA
Postada em 14/11/2017 ás 19h17 - atualizada em 14/11/2017 ás 19h24
Maioria dos postos de combustíveis praticam o mesmo valor no preço da gasolina, consumidores já falam em formação de cartel na cidade
Em quase todos os estabelecimentos os valores são os mesmos R$ 4,15 o litro da gasolina
Maioria dos postos de combustíveis praticam o mesmo valor no preço da gasolina, consumidores já falam em formação de cartel na cidade

O aumento nos preços dos combustíveis vem sendo o assunto em pauta nas redes sociais e também entre os Setelagoanos que assustaram com o elevado reajuste de gasolina praticado pelos postos de combustíveis esta semana em Sete Lagoas. A redação do Megacidade.com vem recebendo várias reclamações de consumidores pedindo que fosse colocado em pauta na redação assunto.



Os preços praticados em Sete Lagoas assustaram até consumidores de outras cidades vizinhas como o morador da cidade de Fortuna de Minas, Luciano Ferreira Melo, que é eletricista e trabalha em Sete Lagoas. Segundo ele, o que está acontecendo em Sete Lagoas é um verdadeiro cartel, com os postos de combustíveis na sua maioria combinando preços praticamente iguais. Na oportunidade, ele disse que é preciso o Ministério Público fiscalizar as ações dos empresários de perto, pois todos os consumidores ficam prejudicados e reféns do possível cartel.



Percorrendo pela cidade, a equipe de jornalismo do Megacidade.com , realmente constatou que a maioria dos estabelecimentos, estão com os mesmos  preços do litro de gasolina nas bombas, R$ 4,15 reais. Até aqueles postos de combustíveis que vendiam a gasolina com menor preço, acabaram reajustando o preço. Em alguns postos o litro da gasolina chega a R$ 4,18.



O que intriga a maioria dos consumidores Setelagoanos, é a grande diferença dos preços no litro da gasolina quando se compara aos postos de combustíveis situados fora do perímetro urbano da cidade e em outras cidades vizinhas como Paraopeba, cerca de 35 quilômetros de distância de Sete Lagoas e mais distante da refinaria Gabriel Passos em Betim. O preço da gasolina no posto Igaruçú é comercializada dois centavos mais barata R$ 4,13 o litro, já no posto Campinho o valor cobrado é ainda menor R$ 4,9 o litro.



Já no posto Gauchão, no distrito do Barreiro, poucos quilômetros da cidade, a diferença é grande em relação aos preços praticados pelos postos dentro do perímetro urbano de Sete Lagoas, o litro da gasolina está sendo vendida a R$ 3,89.



Setelagoanos estão revoltados com a situação, nas redes sociais alguns prometem acionar o Ministério Público de Sete Lagoas.



Cartel é uma infração da ordem econômica prevista nos artigos 20 e 21, incisos I, II e III da Lei Nº 8.884/94, que ocorre quando os concorrentes que detenham efetivo poder econômico combinam preços ou condições de venda de um produto ou serviço ou, ainda, quando os concorrentes dividem o mercado de modo que não concorram entre si.



Nossa equipe de reportagem conversou com alguns proprietários de postos de combustíveis na cidade, segundo eles, Desde o início da nova metodologia, a gasolina acumula alta de 23,92%,  e o diesel, valorização de 19,97%. A Petrobrás mudou a política de reajuste dos combustíveis, esse seria motivo da oscilação nos preços.


FONTE: Da redação
leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
1536 votos - 70.1%

Não
655 votos - 29.9%

facebook
publicidade
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados