menu
Sete Lagoas - MG | Whatsapp: 31 996167463
Mega Cidade
Sete Lagoas - MG
ANIVERSÁRIO
ESPECIAIS
ESPECIAIS
ANIVERSÁRIO
Postada em 28/11/2017 ás 08h35 - atualizada em 28/11/2017 ás 09h18
Sete Lagoas recebe homenagens quando comemora seus 150 anos
Prefeito Leone Maciel enterrou a cápsula do futuro, para que as próximas gerações vejam a Sete Lagoas com outros olhos
Sete Lagoas recebe homenagens quando comemora seus 150 anos

Leone Maciel, prefeito, discursa na sessão solene comemorativa aos 150 anos de Sete Lagoas

A Praça Wilson Tanure ofereceu inspiração com seu monumento em homenagem a Juscelino Kubitschek para transformar a Sessão Solene realizada na manhã de sexta-feira (24) em homenagem aos 150 anos de Sete Lagoas em um momento de emoção, congratulações e agradecimentos. Na oportunidade, o prefeito Leone Maciel ainda recebeu veículos que serão integrados a frota da Secretaria Municipal de Saúde e da Guarda Municipal.



A área em frente ao CAT-JK contou com a presença de autoridades e também sete-lagoanos que fizeram questão de levar seu carinho quando a cidade comemora seu sesquicentenário. O seresteiro Dinilson Barbosa abriu as celebrações cantando a música “Sete Lagoas” de autoria do saudoso Wilson Tanure. Ainda fizeram parte da programação musical a banda do 4º Grupo de Artilharia Antiaérea (4º GAAAe), do CEU’s das Artes, projeto social apoiado pela Prefeitura no bairro Jardim dos Pequins, e da Guarda Civil Municipal de Contagem.



O deputado federal Laudivio Carvalho teve um motivo especial para participar da sessão. Por meio de suas emendas parlamentares foram entregues sete motocicletas para a Guarda Civil Municipal. “Foram emendas que reforçam minha parceria com o governo do prefeito Leone Maciel. O povo de Sete Lagoas merece esta dedicação, uma gente ordeira, hospitaleira e trabalhadora”, disse. Ainda foram entregue duas ambulâncias e uma unidade do SAMU oriundas de convênio com o Governo de Minas.





Leone Maciel comemorou a “paz política e administrativa” que o município vive. “Unidos e irmanados estamos saindo de um momento difícil. Agora, vivemos um momento diferente onde o nosso comprometimento é com o progresso de nossa terra”, comentou. O prefeito fez diversos agradecimentos e em um momento de improviso homenageou idosos da Vila Vicentina que presenciavam a solenidade. Um momento de muitos aplausos e reconhecimento.



 



A Sessão Solene foi encerrada com as benções do Pastor Alcides Barros proporcionando um momento de reflexão sobre o passado, presente e futuro de Sete Lagoas.



 



Estiveram presentes também na sessão solene, a primeira dama Cristiane Alves Teixeira Maciel, o deputado estadual Douglas Melo, representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, secretários municipais e vereadores.



 



 



História preservada



para os próximos 50 anos



 



Um cortejo tendo a frente a fanfarra da Escola Municipal CAIC Professor Galvão saiu da Praça Wilson Tanure para o Museu Histórico Municipal com a missão de deixar para gerações futuras um pouco de como é a vida dos sete-lagoanos e o que pensam as principais lideranças da cidade. Vários objetivos foram inseridos a uma Cápsula do Tempo aterrada, também em sessão especial, no jardim de um dos principais prédios históricos do município.



 



A cápsula é um recipiente confeccionado por Ronaldo da Cunha Abreu, da empresa Mult Fibras, com tamanho médio de 65 cm de comprimento e material especial para garantir a integridade de todo seu conteúdo. Ela foi enterrada na posição vertical em local especialmente preparado para garantir sua localização quando Sete Lagoas completar seus 200 anos, em 2067.



 



A Cápsula do Tempo do Sesquicentenário de Sete Lagoas leva importantes objetos com cartas dos chefes dos poderes como a do prefeito Leone Maciel, do presidente da Câmara, Cláudio Nacif Caramelo, do Juiz Diretor do Foro, Carlos Alberto de Faria, do jornalista Márcio Vicente da Silveira Santos, dos historiadores Dalton Andrade e Shirley Fonseca, do Coordenador do curso de Direito da UNIFEMM, Henrique Lanza Neto, e de alunos da Escola Municipal Marilza Fleury Costa Figueiredo. Ainda estão recipiente itens como um CD autografado da cantora sete-lagoana Paula Fernandes, o selo postal comemorativo dos 150 anos, fotos e edições de jornais e revistas impressas de Sete Lagoas. “Preservar a história de nossa cidade é, sem dúvida, a melhor maneira de homenageá-la”, comentou o prefeito Leone Maciel.



Da Prefeitura de Sete Lagoas




leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
Você é a favor o fim do horário de verão?

Sim
1521 votos - 70.1%

Não
650 votos - 29.9%

facebook
publicidade
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados