Segunda, 17 de Maio de 2021
31 99616-7463
Polícia Estupro

Jovem estupra criança após ameaçar matar os pais dela

Rapaz confirmou o crime, chegou a voltar atrás e depois reforçou confissão inicial

30/04/2021 10h18
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com BHAZ
Elza Fiúza/Agência Brasil
Elza Fiúza/Agência Brasil

A família de uma criança de 10 anos passou por momentos de pânico na madrugada desta quinta-feira (29). A menina havia desaparecido de casa e foi estuprada por um jovem, de 17, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. O autor foi apreendido e levado para a delegacia após confessar o crime.

A garota contou que conheceu o rapaz pelas redes sociais e começaram a conversar. No entanto, o teor das mensagens mudou e o tom passou a ser de ameaças. A criança disse que o rapaz obrigou que ela fosse até a casa dele na madrugada de hoje. Ele ameaçou matar os pais dela, caso não fizesse o que mandava.

O pai da menina ligou para a Polícia Militar quando viu que a filha não estava em casa e saiu pelas ruas gritando à procura dela. A criança foi localizada nas proximidades de onde mora e o pai a questionou sobre onde estava. A vítima então relatou as ameaças sofridas e disse que o adolescente teve relações sexuais com ela.

Continua depois da publicidade

Mudança de versões

A polícia foi até a casa do jovem questioná-lo sobre o acontecido. O rapaz confirmou ter conhecido a criança pelo Instagram, mas negou a conjunção carnal. Conforme registrado na ocorrência, ele disse ter beijado a menina e “nada mais que isso”. Ele ainda contou que a garota havia dito ter 14 anos.

Após ser questionado sobre a versão apresentada pela garota, o adolescente acabou confessando o estupro. O jovem foi apreendido e levado para a Delegacia de Plantão de Vespasiano. A vítima, por sua vez, deu entrada no Hospital Odilon Behrens, onde realizou exames.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.