Sábado, 25 de Junho de 2022
29°

Tempo aberto

Sete Lagoas - MG

Especiais Semana Santa

Papa reza pela paz na Via-Sacra da Sexta-feira Santa no Coliseu de Roma

Pontífice pediu pela harmonia no mundo durante celebração, este ano marcada pela guerra entre a Rússia e a Ucrânia

16/04/2022 às 10h06
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Agências / O Tempo
Compartilhe:

O papa Francisco rezou nesta sexta-feira em Roma pela paz no mundo durante a Via-Sacra noturna ao redor do Coliseu Romano, marcada este ano pela guerra entre a Ucrânia e a Rússia. 

"Senhor (...) desarma a mão armada do irmão que se levanta contra outro irmão, para que onde há ódio floresça a harmonia", pediu o papa no final da cerimônia. 

O pontífice argentino chegou por volta das 21h00 locais (16h em Brasília) ao famoso monumento romano, onde milhares de pessoas, turistas e religiosos, a maioria deles com tochas, o esperavam. 

Depois de suspensa por dois anos devido à pandemia de coronavírus, o papa argentino voltou a presidir a cerimônia, que costuma ser transmitida ao vivo pela televisão para muitos países. 

Continua depois da publicidade

Francisco, 85 anos, vestido de branco, assistiu ao tradicional rito do terraço palatino, sob um toldo instalado em frente ao imponente anfiteatro romano e não passou pelas 14 estações que marcam o Calvário de Cristo em sua crucificação. 

A redação das meditações foi confiada a várias famílias, porque a Igreja Católica celebra o Ano da Família. Falaram sobre doenças, idosos, solidão, insegurança no trabalho, pais que adotam crianças. 

O papa escutou atentamente as meditações que também falavam dos males que afligem o mundo hoje. A meditação preparada por duas mulheres da Ucrânia e da Rússia, convidadas a carregar a cruz na penúltima estação, causou polêmica na comunidade ucraniana e foi substituída por um longo silêncio. 

"Diante da morte, o silêncio é mais eloquente que as palavras. Rezemos em silêncio e cada um reze em seu coração pela paz no mundo", pediu. 

"Estar aqui hoje foi importante... A mensagem é excepcional", disse à AFP a italiana Stefania Cutola, de 50 anos. 

Em lágrimas, a jovem ucraniana Anastasia Goncharova, 18, rejeitou a ideia de que as duas mulheres, uma da Ucrânia e outra da Rússia, caminhassem juntas pela Via-Sacra como um gesto de reconciliação.

"Nossas nações não são mais irmãs. Eles matam, estupram, roubam. É nojento. A guerra deve acabar", disse ela, emocionada. 

Poucas horas antes, o pontífice havia reconhecido em uma entrevista na televisão pública italiana "que o mundo está em guerra" e lamentou que "o cainismo, ou seja, matar o irmão" tenha sido escolhido como modelo, explicou. 

Na véspera, Quinta-feira Santa, Francisco reiterou sua mensagem de solidariedade e misericórdia com aqueles que sofrem e foi a uma prisão a 80 quilômetros de Roma para lavar os pés de doze detentos, em uma cerimônia que comemora a última ceia de Jesus com os doze apóstolos . 

No domingo, as celebrações da Semana Santa culminarão com a missa da Ressurreição e a mensagem "Urbi et orbi" à cidade e ao mundo. (AFP)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sete Lagoas - MG Atualizado às 14h19 - Fonte: ClimaTempo
29°
Tempo aberto

Mín. 11° Máx. 29°

Dom 26°C 12°C
Seg 25°C 11°C
Ter 26°C 10°C
Qua 27°C 11°C
Qui 28°C 13°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio