Quinta, 06 de Agosto de 2020
31 99616-7463
Oportunidades Concurso

Bolsonaro prepara concurso público com 2 mil vagas para a Polícia Federal

A informação é do ministro da Justiça, André Luiz Mendonça: "teremos o maior efetivo da história da PF para combater o crime organizado"

01/08/2020 10h33
Por: Redação Fonte: O Tempo
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

O governo federal prepara um novo concurso para a Polícia Federal. A notícia foi confirmada pelo ministro da Justiça, André Luiz Mendonça, à Rádio Jovem Pan, nesta sexta-feira.

Segundo o ministro, a intenção é elaborar um edital de concurso com cerca de 2 mil vagas para a corporação.

André Luiz Mendonça disse que o objetivo é aumentar ainda mais o efetivo da Polícia Federal e ampliar o combate ao crime organizado.

Continua depois da publicidade

"Nós vamos ter o maior efetivo da história da Polícia Federal, justamente para o combate da criminalidade organizada", reforçou o ministro.

O concurso parece não estar só no discurso de André Luiz Mendonça. Segundo o ministro, ele já se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para tratar do concurso.

Pedido antigo

Continua depois da publicidade

Vale destacar também que o aumento do efetivo da Polícia Federal era um desejo antigo também de Sergio Moro, primeiro ministro da Justiça de Bolsonaro.

Em janeiro, Moro pediu a Paulo Guedes que o orçamento de 2020 fosse revisto e ampliado justamente para incluir o concurso da Polícia Federal.

Perfil e salário

André Luiz Mendonça não falou sobre o perfil e nem os salários do concurso. No entanto, no pedido de Moro a Guedes, em janeiro, o destaque foi para a carreira de agente administrativo.

Para o cargo, é necessário ensino médio e conta com remuneração inicial de R$ 4.746,16, incluindo R$ 2.279,16 de salário básico e R$ 2.467 de gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico administrativo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.