Sexta, 03 de Dezembro de 2021
31 99616-7463
Educação Enem

Enem 2021: foco deve ser naquilo que já se aprendeu

Professores dão dicas de estratégia de memorização e alertam: muita atenção ao enunciado. Resumos e mapas mentais devem nortear estudos na reta final para provas de exatas e ciências, aconselham especialistas

25/11/2021 11h55
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com O Tempo
Conquistar vaga na Universidade Federal de Minas Gerais é desejo de muitos candidatos Foto: Leo Fontes - 22.5.2017
Conquistar vaga na Universidade Federal de Minas Gerais é desejo de muitos candidatos Foto: Leo Fontes - 22.5.2017

Independentemente do número de questões que tenha acertado no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a recomendação para a prova do próximo domingo dada pelos professores ouvidos pela reportagem é que os estudantes não pensem tanto nisso agora nem se preocupem se a maior facilidade deles é com humanas ou exatas, mas sim foquem esta nova reta final.

Como não há redação nesse segundo dia, serão cinco horas para os candidatos responderem às 45 questões de ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia); mais 45 de matemática e suas tecnologias. O exame começa às 13h30 e termina às 18h30. 

“Nesta reta final, não é hora de aprender coisas novas, mas focar aquilo que já se aprendeu. Fazer estudos em cima de resumos e mapas mentais para fixar aquilo que já está consolidado”, pontua Bruno Philips, professor de física do Chromos Colégio e Pré.

Continua depois da publicidade

Ele destaca que, como a disciplina envolve muitas fórmulas, a melhor estratégia de memorização é o candidato fazer muitos exercícios para aprender a aplicar a melhor solução para as questões. 

Matemática

A visão de Philips é corroborada pelo professor de matemática do Chromos Colégio e Pré Marlon Matheus. Ele ressalta que o ideal é que o estudante foque a resolução de exercícios dos assuntos com que ainda não se sente seguro, privilegiando os temas que mais caem no Enem. Além disso, pontua, o candidato deve ficar ligado ao enunciado das questões. “A primeira coisa agora é manter o foco e a tranquilidade. Concentração!”, destaca o especialista.

Continua depois da publicidade

Preparo final

A facilidade com exatas é a aposta de Arthur Henrique Otone, 17, para alcançar mais de 760 pontos nesta edição do Enem. “Fiz um plano de estudo para as disciplinas com que tenho mais dificuldade, no caso química e biologia. E tenho intercalado a resolução de exercícios com as que tenho mais facilidade, matemática e física”, conta. 

Com mais facilidade nas questões de linguagem e de humanas, Virgínia Larissa dos Santos, 17, avalia que domina bem o conteúdo de biologia e química. Ela conta que, nos últimos dias, adotou estratégias para vencer a dificuldade em matemática e física, principalmente nos conteúdos de circuitos elétricos e geometria. 

“Assisto a muitas aulas, faço o máximo de exercício possível e sempre estou procurando os professores para tirar dúvidas. Anoto tudo o que eles falam, para não ficar nada em branco na minha cabeça”, diz.

Veja mais dicas abaixo.

Com a palavra, os estudantes

“Vejo como improdutivo fazer uma grande revisão de todo o conteúdo neste momento. Fazer exercícios é a melhor estratégia. Eu tenho focado mais química e biologia. Acho que são as disciplinas em que vou obter melhor resultado.”
Enzo Aurélio Alves de Oliveira, 19, estudante 

“Nos últimos dias, tenho focado mais matemática e feito uma média de exercícios bem legal. Tenho facilidade com exatas, e a prova que mais gosto de fazer é matemática. Minha expectativa é fazer acima de 740 pontos no Enem.” 
Matheus Brás Terra Soares, 18, estudante

Image

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.