Quinta, 06 de Agosto de 2020
31 99616-7463
Cidades Sete Lagoas

Hospital Municipal recebe reforma para atendimento de alta complexidade

27/07/2020 18h39
Por: Redação Fonte: Da redação com ascom prefeitura
Foto: Ascom Prefeitura
Foto: Ascom Prefeitura

Além de 31 novos leitos de UTI, o Hospital Municipal de Sete Lagoas está recebendo reformas e novas instalações que fazem parte do cronograma de melhorias proposto pela Prefeitura. O aumento da estrutura assistencial está relacionado ao Plano de Contingência da Secretaria Municipal de Saúde para atendimento de pacientes com Covid-19, mas ficará na principal unidade de saúde pública da região mesmo após a pandemia.

Recentemente foram inaugurados dez leitos de UTI no Hospital Municipal e outros dez serão entregues na próxima sexta-feira, 31. “Não é a simples abertura de leitos. Uma reforma completa foi realizada com a implantação de novas instalações elétricas e hidráulicas, pintura e recuperação do piso”, explica o diretor do hospital, Dr. Thiago Melo.

Para reforçar ainda mais a estrutura de alta complexidade, foi preciso readequar espaços. Duas áreas que eram utilizadas para repouso e descanso das equipes médicas foram transferidas para o imóvel anexo ao HM onde funcionavam serviços administrativos. “Fizemos a integração dos prédios para criar as acomodações e, dentro do HM, ganhamos espaços para implantar mais leitos de UTI”, explica a coordenadora da Urgência e Emergência, Cíntia Teixeira Andrade. 

Continua depois da publicidade

Agora, o espaço liberado dentro do hospital também está sendo totalmente revitalizado. Somente neste setor, mais 12 novos leitos de UTI serão instalados nos próximos dias. A reforma ainda contempla corredores, banheiros e outras instalações. “A Prefeitura reformou várias unidades de saúde e, com o Hospital Municipal, não poderia ser diferente. Uma estrutura digna de atendimento era o sonho de servidores e pacientes de 24 municípios que são atendidos em Sete Lagoas. Estamos aplicando os recursos no local certo e com responsabilidade”, ressalta o prefeito Duílio de Castro.

O cumprimento do Plano de Contingência deixará um grande legado para a saúde pública de Sete Lagoas. Somente o Hospital Municipal passará de 11 leitos de UTI completos para 43 após a reforma.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.