Quarta, 23 de Setembro de 2020
31 99616-7463
Cidades Alimentos estragados

‘Prefeitura de Sete Lagoas entrega alimentos estragados’, denuncia pais de alunos da rede municipal de ensino; Prefeitura afirma que alimentos são de primeira qualidade

“É um descaso! Isso a gente não oferta a ninguém, nem a porcos!”, disse uma mãe

14/09/2020 15h25 Atualizada há 1 semana
Por: Redação
‘Prefeitura de Sete Lagoas entrega alimentos estragados’, denuncia pais de alunos da rede municipal de ensino; Prefeitura afirma que alimentos são de primeira qualidade

O Site Mega Cidade recebeu denúncia de pais de alunos da Rede Municipal que alimentos foram entregues estragados.

Uma mãe de uma criança da Escola Municipal Luzia Barbosa, localizada na orla da Lagoa Boa Vista, disse que recebeu no grupo de WatsApp, comunicado sobre a distribuição de Kits de Hortifruti nesta segunda-feira (14) e terça-feira (15), conforme arte abaixo.

Continua depois da publicidade

O repolho estava completamente podre e a mandioca de tão estragada criou mofo. “Então fomos até a escola buscar... Quando cheguei em casa e abri a sacola, veio um mau cheiro forte. Ao tirar as verduras da sacola percebi que estavam podres.”, contou a mãe. E completou: “É um descaso! Isso a gente não oferta a ninguém, nem a porcos!”

O Site Mega Cidade entrou em contato com a Prefeitura, para saber um posicionamento a respeito da denúncia, a qual enviou a seguinte "Nota de Esclarecimento", que segue abaixo:

ENTREGA KITS HORTIFRUTIS DA AGRICULTURA FAMILIAR

Continua depois da publicidade

Os hortifrutis entregues aos beneficiários são oriundos da Agricultura Familiar. Os produtos são de primeira qualidade tendo em vista que são cultivados por agricultores familiares do município e região, sendo que muitos destes comercializam seus produtos também nas feiras livres de Sete Lagoas. São adquiridos com os recursos do FNDE/PNAE e são os mesmos que fornecemos às unidades escolares durante o período letivo.

Os hortifrutis, assim que são colhidos, vão para o galpão da Associação dos Agricultores e depois os kits são montados. Cada kit contém: 1/2 kg de abóbora moranga; 350 gramas de abobrinha; 300 gramas de tomate; 550 gramas de banana; 300 gramas de beterraba; 300 gramas de cenoura; 800 gramas de repolho; 1 quilo de mandioca. Os hortifrutis são transportados em caixas plásticas para evitar que sejam amassados ou deteriorados. Assim que chegam às escolas são distribuídos às famílias. A entrega é feita no mesmo dia em que os produtos chegam às unidades escolares.

Depoimento das Conselheiras do CAE – Conselho de Alimentação Escolar

       Eu, Lizélia Maria de Oliveira Matos Lacerda, Supervisora do Almoxarifado, responsável pela distribuição das cestas básicas e dos Kits da Agricultura Familiar e representante do Conselho de Alimentação Escolar, juntamente com a Sra. Silvana Borba Diniz presidente do mesmo e os demais representantes Vicentina, Cristiane e Waleska, vimos por meio deste esclarecer que essa denúncia de kits estragados não procede e não passa de uma inverdade.

       Em todo tempo de entrega houve acompanhamento do CAE (Conselho de Alimentação Escolar) confirmando que estava tudo em perfeitas condições para o consumo.

       O relatório de visitas se encontra à disposição na Casa dos Conselhos na Rua Piauí n°95. Informamos que todo processo de embalagem e entrega é feito no mesmo dia, com acompanhamento das nutricionistas da Secretaria de Educação, Esportes e Cultura evitando assim que os produtos percam suas características organoléticas.

 Depoimento de pais – Escola Municipal “Luzia Barbosa”

Na Escola Municipal “Luzia Barbosa” e no segundo endereço foram entregues o kits de alimentos no dia 14 de setembro de 2020, às 9h30, e a entrega para as famílias, começou a partir das 11h.

Os produtos são de boa qualidade e estão sendo entregue de forma organizada de acordo com as devidas orientações para entrega dos kits.

“Hoje, nossa escola recebeu os kits de hortifruti a serem entregues aos pais e ou responsáveis, produtos de boa qualidade”.

“No mais obrigada a Escola “Luzia Barbosa pela cesta básica e pelo kit de verduras isso ajuda muito agente viu.”

Depoimento da Escola Municipal “Dalva Ferreira Diniz”

A Escola Municipal “Dalva Ferreira Diniz” recebeu os perecíveis no dia 11 de setembro às 10h30min. Os alimentos de boa qualidade e aspecto agradável. Sem odor desagradável.  Os entregadores estavam acompanhados de duas funcionárias do almoxarifado. A escola recebeu 431 Kits de hortifrutis para serem distribuídos aos alunos. Começamos a distribuição imediatamente. Na sexta, dia 11, das 11h30 até as 17h, no sábado dia 12 das 7h20 até as 12h30, no domingo das 9h até as 10h e na segunda-feira dia 14 das 7h30 até as 12h. Utilizamos os grupos de whatsapp e telefonemas individuais para avisar as famílias. Uma funcionária entregou nas casas de algumas famílias no bairro Lagoa Grande na manhã de segunda-feira.  A Direção da escola tem como objetivo atender todas as famílias com o respeito e carinho. Estamos disponíveis para qualquer esclarecimento que se fizer necessário.

As cestas básicas foram entregues através de um cronograma específico para que não houvesse aglomeração e para que nenhuma família fosse exposta ao sol, uma vez que nesses dias a temperatura subiu bastante. Infelizmente não conseguimos contato com algumas famílias que trocaram o número e esqueceram de comunicar a escola.

Maiores esclarecimentos favor procurar a Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Cultura no Setor de Almoxarifado na pessoa de Lizélia Maria de Oliveira Matos Lacerda – telefone 3779-9885. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.