Sexta, 04 de Dezembro de 2020
31 99616-7463
Polícia Crueldade

Homem é preso por extorsão e roubo a mulher, com requintes de crueldade em Sete Lagoas

Vítima foi amarrada em um tronco de árvore cheio de espinhos em um matagal, com braçadeiras de nylon e fita adesiva para tapar a boca

28/10/2020 14h19
Por: Redação
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Um homem de 42 anos (D.C.S.) foi preso por extorsão contra uma mulher também de 42 anos (J.M.S.V.), na tarde desta terça-feira (27), na Rua João Anastácio, bairro Chácara do Paiva em Sete Lagoas.

De acordo com informações, o autor teria abordado a vítima, utilizando um simulacro de arma de fogo e com requintes de crueldade roubado um veículo Honda HRV de cor vinho, placa PWY-2756, uma bolsa com documentos pessoais, cartões de crédito e dinheiro.

D.C.S. amarrou a mulher em um tronco de árvore cheio de espinhos em um matagal, usando braçadeiras de nylon e fita adesiva para tapar a boca. Através de violência e grave ameaça, ele obrigou a vítima a fornecer as senhas dos cartões de crédito, dizendo que se ela informasse errado, voltaria ao local e a mataria.

Continua depois da publicidade

Então, durante rastreamento no bairro Universitário, o veículo da vítima foi visto parado na rua e o autor correndo a pé. Após ser perseguido ele foi alcançado, tendo sido localizado em seu bolso, a chave do carro roubado, um celular e os cartões de crédito da vítima, além de R$ 60,80 em dinheiro.

Na casa do autor foram encontradas compras feitas por ele no Supermercado Mart Minas, usando os cartões da vítima. Debaixo de uma cama foi localizado o simulacro de arma de fogo utilizado no crime.

A vítima foi socorrida até o Hospital Municipal, o autor encaminhado para a Delegacia de Polícia e o veículo recuperado, removido ao pátio do Socorro Silva.

Continua depois da publicidade

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.