Quinta, 28 de Janeiro de 2021
31 99616-7463
Cidades Transporte público

Parcelamento do 13º de funcionários da Turi e Setelagoano pode resultar em paralisação no transporte da cidade

O Site Mega Cidade entrevistou o gerente da empresa, Danilo Walker, que falou sobre a questão

01/12/2020 14h59
Por: Redação Fonte: Mega Cidade
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Mais de 500 funcionários Turi e Setelagoano foram avisados na última hora que terão o 13º dividido.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sete Lagoas, Mário Geraldo Alves de Paula, foi procurado nesta segunda-feira (30) pelo gerente da Turi e Sete Lagoano, Danilo Walker, que apresentou uma proposta de reparcelamento do 13° salário dos trabalhadores dessas empresas em 3 parcelas.

Essa proposta foi recusada pela presidente, já que o 13° deve ser pago de 2 parcelas apenas como manda a lei. Caso as empresas insistam nessa proposta poderá haver paralisação por parte dos empregados, o que trará vários transtornos aos usuários do transporte público de Sete Lagoas.

Continua depois da publicidade

Questionamento

O Site Mega Cidade entrou em contato com o gerente da Turi e  Setelagoano, Danilo Walker, e fez as seguintes perguntas, cujas respostas seguem abaixo:

1 - Por que a empresa propôs o 13º dividido?

Continua depois da publicidade

R = Solicitamos o parcelamento em 4 parcelas como foi negociado pelo sindicato de Belo Horizonte com as empresas da Capital. Este não representa a classe de Sete Lagoas, esta tentativa se deu devido a dificuldade financeira que a empresa vem apresentando nos últimos meses após o decreto de calamidade pública, passamos a operar por meses com um enorme déficit financeiro devido a falta de usuários do transporte coletivo, enorme queda de arrecadação e após este momento veio a limitação de número de usuários por veículo e a tarifa técnica está defasada há anos, e não existe subsídios para o transporte público no município de Sete Lagoas. 

2 - Como o Sindicato recusa a divisão em 3 parcelas, a empresa pensa em aceitar a possibilidade de reparcelamento em 2 vezes, conforme a lei?   

R = Sim. Existe esta possibilidade de realizarmos os devidos pagamentos em duas parcelas 1/4 no quinto dia útil e a outra parcela dia 20/12, ontem dia 30/11 realizamos o pagamento de 1/4 do valor do 13º salário. 

3 - Caso as empresas insistam nessa proposta poderá haver paralisação por parte dos empregados, o que trará vários transtornos aos usuários do transporte público de Sete Lagoas. Qual o parecer da empresa sobre a questão? 

R = Estamos trabalhando junto a diretoria das empresas Turi e Setelagoano para evitarmos a paralisação e qualquer transtorno a população, entre dois ou três dias teremos a definição dos respectivos pagamentos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.