Quinta, 21 de Janeiro de 2021
31 99616-7463
Cidades Raio

Pai e filho morrem após serem atingidos por raio na região Central de Minas

Corpo de Bombeiros dá dicas para evitar acidentes com descargas elétricas

11/01/2021 08h16
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Itatiaia
A Prefeitura de Santo Antônio do Itambé emitiu nota de pesar pelos óbitos
A Prefeitura de Santo Antônio do Itambé emitiu nota de pesar pelos óbitos

Pai e filho morreram nesse sábado (9) após serem atingidos por um raio na comunidade Taperas, zona rural de Santo Antônio do Itambé, na região Central de Minas. Outro homem, amigo deles, também foi atingido pela descarga elétrica, mas foi socorrido e está em situação estável no Hospital de Cerro, próximo à divisa com o Vale do Jequitinhonha.

O acidente ocorreu no momento em que os três puxavam uma tora de madeira para a serraria do idoso que faleceu.

A Prefeitura de Santo Antônio do Itambé emitiu nota de pesar pelas mortes de José Paulo da Silva e do filho dele, José Tiago Salustiano da Silva, agente de saúde do município.

Continua depois da publicidade

Alerta

Com o período chuvoso, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais reforça o alerta para que as pessoas evitem esse e outros tipos de acidentes. O segundo tenente Luiz Gustavo Magalhães Nunes, da Companhia dos Bombeiros sediada em Diamantina, lista alguns cuidados que devem ser tomados em caso de chuvas com raios:

- desligar aparelhos elétricos das tomadas;
- ficar longe de janelas
- não ficar próximo a árvores ou postes
- evitar lugares abertos, como praia e campo de futebol;
- manter distância de cercas, alambrados e estruturas metálicas em geral;
- manter distância de linhas telefônicas e elétricas;
- se estiver em um veículo, permaneça dentro dele;
- se estiver em um veículo, não fique perto de postes ou árvores;
- não fique dentro da água;
- use o telefone apenas em caso de emergência.

Continua depois da publicidade

Inundações

O tenente dá dicas para situações em que o nível da água começa a subir. “É importante, principalmente as populações ribeirinhas, manter um membro da família vigilante ao nível das águas, mesmo durante o período noturno. É importante procurar um abrigo em local alto, esperar o nível da água baixar e manter os objetos de maior valor em partes mais elevadas. Ao abandonar a residência, não se deve preocupar em levar pertences. Lembre-se que a vida é o bem mais valioso que possuímos”, afirma.

Deslizamentos

O militar alerta que, se surgirem rachaduras e barulhos na residência, os moradores devem sair do imóvel imediatamente, pois são sinais de que um deslizamento pode ocorrer.

 

“Algumas recomendações são evitar áreas de morro, evitar plantar bananeira nas encostas e sempre ficar atento a alguns sinais de perigo, como a inclinação de árvores, parede, postes ou muros. Essas situações indicam aí a iminência de um escorregamento. Em caso de emergência ligue 193”, explica.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.