Segunda, 12 de Abril de 2021
31 99616-7463
Polícia Maconha

Homens são presos com mais de uma tonelada de maconha na MG-050

Nenhum dos suspeitos tem passagem pela polícia

26/02/2021 14h01
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Itatiaia
Foto: PM/Divulgação
Foto: PM/Divulgação

Dois homens foram presos e 1,2 tonelada de maconha foi apreendida durante abordagem da Polícia Militar Rodoviária na MG-050, na altura de Matheus Leme, na Região Metropolitana de Belo Horizonte nessa quinta-feira (25). A ocorrência faz parte da operação Caminhos de Minas, que une a Polícia Militar com a Polícia Rodoviária Federal e com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública. 

Os suspeitos, Dijanir Fernandes Ribeiro, de 37 anos, e Paulo Henrique Gama, de 43 eles, disseram que levaria a droga de Limeira, em São Paulo, para Vila Velha, no Espírito Santo e iriam ganhar R$ 5 mil cada pela entrega. 

De acordo com o cabo Aredes, do Grupo Tático Rodoviário, durante ronda na rodovia os policiais desconfiaram da van em que os suspeitos estavam e foi feita a abordagem. “O condutor informou que estava vindo de São Paulo e que estava carregando peixe no interior de uma caixa de isopor, porém localizamos esta vasta quantidade de substância semelhante a maconha no isopor. Diz eles que receberam o veículo, não sabiam o que tinha dentro da caixa, mas na hora que nós abordamos já tinha um forte odor de maconha.”

Continua depois da publicidade

Nenhum dos dois suspeitos tem passagem pela polícia. O cabo acredita que o crime tenha sido praticado por dinheiro. “É aquele famoso laranja do tráfico, aquele cidadão que está desempregado e acaba sendo aliciado por organizações criminosas para fazer esse transporte de entorpecentes. Eles falaram que trabalhavam no porto e estavam sem trabalho há tem 6 meses, estavam recebendo auxílio do governo, só que como parou, eles resolveram entrar para o mundo do crime”, explica Aredes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.