Segunda, 12 de Abril de 2021
31 99616-7463
Polícia Banco

Criminosos fortemente armados espalham medo em cidade mineira

08/04/2021 14h56
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com BHAZ
Criminosos assustaram moradores da pequena cidade de Jacuí, no Sul de Minas (Reprodução/Redes sociais)
Criminosos assustaram moradores da pequena cidade de Jacuí, no Sul de Minas (Reprodução/Redes sociais)

Moradores da pequena cidade de Jacuí, no Sul de Minas Gerais, viveram momentos de terror na madrugada desta quinta-feira (8). Pelo menos oito bandidos participaram da explosão de caixas eletrônicos de um banco, deram tiros de metralhadoras para o alto e entraram em confronto com a Polícia Militar, no município de pouco mais de 7,6 mil habitantes. Os criminosos fugiram em dois carros e, até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a Polícia Militar, moradores acionaram as autoridades ao ouvir disparos de arma de fogo na praça Presidente Vargas, no Centro da cidade. Eles contaram que os bandidos estavam arrombando uma agência do Banco do Brasil. Além disso, os criminosos andavam pelas ruas atirando para o alto.

“Meu pai tava lá no consultório dormindo que é do lado [do Banco do Brasil], ficamos em ligação com ele durante o assalto e ouvindo os barulhos de bomba e tiro que pareciam estar dentro do quarto dele!! Gente, eu tô tremendo. Foi aterrorizante”, relatou uma mulher no Twitter.

Continua depois da publicidade

A informação era de que cinco homens estavam armados nas proximidades da praça, e portavam armas longas de grosso calibre – como metralhadoras – e utilizavam uma caminhonete Fiat de cor branca. Outro veículo estava próximo ao batalhão da cidade, e os suspeitos passaram a atirar contra o local onde estavam os policiais.

Contudo, nenhum disparo atingiu o batalhão, apenas um tiro acertou uma casa ao lado . Após o início da confusão, a PM acionou bloqueio às cidades vizinhas e começou monitoramento da situação.

Troca de tiros

Policiais de folga foram acionados para ajudar na situação. Eles fecharam a saída próxima à cidade de Guaxupé, também no Sul do estado, onde ficaram posicionados de forma estratégica. Por volta da 1h10, no início da madrugada, os policiais avistaram uma Fiat Toro branca em alta velocidade. Ainda de acordo com a PM, quando os criminosos perceberam que o cerco estava fechado, começaram a atirar contra os policiais. Os militares revidaram e atiraram de volta.

Continua depois da publicidade

Dezenas de militares ajudaram no cerco da cidade, mas os bandidos conseguiram fugir. Simultaneamente, no banco onde ocorreram as explosões, a perícia técnica foi acionada e isolou o local. Por lá, foram recolhidas amostras de dinheiro para análise e explosivos foram procurados, mas nada foi encontrado. A agência ficou bastante danificada, com portas de vidro quebradas e outros danos, como dois caixas eletrônicos totalmente destruídos. O local foi liberado após a perícia fazer os trabalhos.

O responsável pelo banco disse que assumiu o trabalho na agência há pouco tempo e, por isso, não tinha informações precisas da movimentação bancária no local, e também não soube informar os valores que havia nos caixas. As cédulas recolhidas pela polícia estavam parcialmente queimadas e com a cor rosa, por conta de um dispositivo de inutilização para casos como esse.

A Polícia Civil disse “que atuou na ocorrência em conjunto com as outras forças de segurança, e, além dos veículos, todo material encontrado foi encaminhado para perícia técnico-científica”. O órgão ainda disse que três veículos foram submetidos a exame pericial. “Além disso, os explosivos localizados na ação também serão periciados”, informa em trecho da nota (leia na íntegra abaixo).

Medo

Pelas redes sociais, algumas pessoas relataram os momento de terror vividos nesta madrugada. “Pelo amor de Deus! Ontem teve assalto em 3 bancos de Mococa e agora pouco em Jacuí. Tô vendo eu não conseguir dormir com medo de virem assaltar banco aqui em Juruaia [cidade próxima de Jacuí]”.

Nota da Polícia Civil

“A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que atuou na ocorrência em conjunto com as outras forças de segurança, e, além dos veículos, todo material encontrado foi encaminhado para perícia técnico-científica. Foram três veículos submetidos a exame pericial pela PCMG. Além disso, os explosivos localizados na ação também serão periciados. Detalhes dos trabalhos de polícia judiciária serão divulgados em momento oportuno”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.