Segunda, 17 de Maio de 2021
31 99616-7463
Saúde Covid-19

Mais 5 pessoas morrem nas últimas 24 horas pelo coronavírus em Sete Lagoas

A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, somando-se as unidades do SUS e da rede particular, é de 98,2%

04/05/2021 16h19
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Ascom da Prefeitura de Sete Lagoas
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

O boletim epidemiológico desta terça-feira, 4 de maio, informa sobre óbitos e ocupação de leitos Covid no município. Em função do falecimento da servidora da Secretaria Municipal de Saúde, a enfermeira Mariana Campelo C. Medeiros, uma das principais colaboradoras na elaboração do boletim, excepcionalmente hoje não serão informados o número de novos casos positivos, resultados negativos e recuperados da Covid-19. A Prefeitura de Sete Lagoas lamenta a passagem da servidora e envia condolências aos familiares e amigos. Nas últimas 24 horas cinco novos óbitos em decorrência de complicações da Covid foram incluídos. Ontem vieram a óbito três homens de 53, 55 e 73 anos no Hospital Municipal. Hoje faleceram duas mulheres, uma de 57 anos, na Unimed, e uma de 71 anos, na UPA. Assim, Sete Lagoas chega hoje a 427 óbitos.

Hospitalizados
As internações por problemas respiratórios apresentam hoje ligeira queda. São 108 pacientes internados, sendo 54 em UTI e 54 em enfermaria. Entre os internados em UTI, são 40 de Sete Lagoas, quatro de Inhaúma, três de Prudente de Morais, dois de Pompéu, dois de Caetanópolis e os demais de Papagaios, Paraopeba e Cachoeira da Prata. Entre os internados, 83 testaram positivo para Covid, seis tiveram resultado negativo e 19 aguardam resultados de exames.

No Hospital Municipal estão 51 internados, sendo 30 em UTI. No Hospital Nossa Senhora das Graças são 20 internações, sendo oito em UTI, das quais sete em leitos do SUS. No Hospital da Unimed são 18 pacientes internados, sendo oito em UTI. E na UPA são 19 internados, oito deles em UTI. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, somando-se as unidades do SUS e da rede particular, também teve queda. É a primeira vez desde o dia 17 de março que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid fica abaixo de 100%, chegando hoje a 98,2%. Se considerarmos apenas os leitos de UTI do SUS, esse índice está em 100%.

Continua depois da publicidade

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.