Quarta, 16 de Junho de 2021
31 99616-7463
Polícia VULNERABILIDADE

Venezuelanos arrecadam até R$ 1000,00 reais utilizando crianças e adolescentes para pedir esmolas em Sete Lagoas

09/06/2021 12h26
Por: Redação Fonte: Mega Cidade
Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Venezuelanos foram presos na manhã desta terça-feira (8), na Avenida Norte-Sul, bairro Boa Vista, por utilizar adolescentes e crianças para pedir esmolas nas ruas de Sete Lagoas.

De acordo com informações, policiais teriam sido solicitados pelo Conselho Tutelar que relatou ter visto a senhora Y.R.C. utilizando duas crianças de 8 anos para pedir esmola.

Também o senhor E.R.M. de 65 anos utilizava duas adolescentes, uma de 16 anos e outra de 13 anos, com o mesmo objetivo.

Continua depois da publicidade

Então, a polícia fez contato com o senhor E.R.M., o qual confirmou com o auxílio de uma transeunte que passava pelo local e que é fluente na língua portuguesa e castelhana, sendo confirmado que o ele era o responsável pelas adolescentes, ao passo que a senhora Y.R.C. também confirmou ser responsável pelas crianças.

Todos estavam hospedados na “Pensão Diamantina”, onde acompanhados pelo Conselho Tutelar, apresentaram os documentos das adolescentes e crianças.

O proprietário da pensão teria dito que inicialmente apenas alugou os quartos para alguns venezuelanos e que posteriormente começaram a chegar mais. Segundo ele, já até pediu para que eles saíssem da pensão, mas não foi atendido, sendo que apenas fornece a hospedagem e não alimentos. Disse ainda que quem realiza o pagamento das diárias são os próprios venezuelanos.

Continua depois da publicidade

Após pegar os documentos dos envolvidos policiais foram até o posto castelo para a confecção do registro, tendo as crianças e adolescentes deslocadas com o Conselho Tutelar até a Rua João XXIII, bairro Boa Vista e em seguida retornaram até o Posto Castelo e depois para a delegacia de Polícia de plantão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.