Quarta, 16 de Junho de 2021
31 99616-7463
Polícia Tristeza

Homem confessa ter matado mulher e bebê dela, encontrado na BR-040

Corpo da bebê de um ano e oito meses foi achado às margens da BR-040 em 25 de janeiro: suspeito detido em 7 de abril confessou agora ter matado também a mãe dela, desaparecida em Congonhas

10/06/2021 09h36
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com O Tempo
Corpo da bebê de um ano e oito meses foi achado às margens da BR-040 em 25 de janeiro Foto: Alex de Jesus
Corpo da bebê de um ano e oito meses foi achado às margens da BR-040 em 25 de janeiro Foto: Alex de Jesus

Cerca de cinco meses após o desaparecimento de Fernanda Caroline Leite Dias, de 28 anos, em Congonhas, na região Central de Minas Gerais, e a descoberta do corpo da bebê dela, de um ano e oito meses, largado às margens da BR-040 no bairro Olhos D'Água, na região do Barreiro, em Belo Horizonte, o responsável pelos crimes confessou a autoria. O homem de 41 anos, detido em 7 de abril, revelou agora à Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) que matou mãe e filha entre os dias 23 e 25 de janeiro de 2021. 

O corpo de Fernanda não foi encontrado até a noite desta quarta-feira (9), e a Polícia Civil mantém buscas para achá-lo. À frente da investigação, os delegados Letícia Gamboge, Frederico Abelha, Bianca Landau e Alexandre Oliveira repassarão detalhes do inquérito na manhã de quinta-feira (10), no Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), à região Noroeste de Belo Horizonte. 

Relembre o crime

Continua depois da publicidade

Na manhã de 25 de janeiro, a Polícia Militar (PM) encontrou o corpo de uma criança com idade entre um e dois anos às margens da BR-040, sob um viaduto no bairro Olhos D'Água, na região do Barreiro. Hematomas foram detectados no rosto da menina, mas, segundo avaliação de peritos feita na hora do encontro do cadáver, não foram constados sinais de violência, e os hematomas seriam fruto da ação de insetos. Ao lado do corpo foi achado um bilhete, no qual o suspeito identifica a bebê com o primeiro nome "Pietra" e nele informa o nome do suposto pai dela, e um endereço atribuído a este homem, morador do bairro Serra, na regional Centro-Sul de BH. 

Um dia depois dos militares terem achado o corpo da bebê, que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) André Roquette, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) confirmou o desaparecimento da mãe dela – Fernanda Carolina Leite Dias, 28. A informação foi revelada em 26 de janeiro, e ela teria desaparecido em 23 de janeiro. Fernanda, segundo informações da corporação, foi vista pela última vez em Congonhas, município na região Central de MG. 

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.