Terça, 03 de Agosto de 2021
31 99616-7463
Cidades Reunião da Câmara

“Prefeito de Montes Claros nos presenteou com uma Van cheia de venezuelanos”, ironiza vereador de Sete Lagoas

15/06/2021 10h33
Por: Redação Fonte: Mega Cidade
“Prefeito de Montes Claros nos presenteou com uma Van cheia de venezuelanos”, ironiza vereador de Sete Lagoas

Na Reunião Ordinária da Câmara Municipal, na manhã desta terça-feira (15), em sua comunicação pessoal, o vereador Ivan Luiz falou da situação dos venezuelanos que segundo ele, chegaram a Sete Lagoas, porque o prefeito de Montes Claros, Humberto Guimarães Souto encheu uma Van e os deixou em Sete Lagoas, “tratando-os como se fosse coisas”.

E completou: “Põe as coisas dentro da Van e manda para Sete Lagoas. Olha, fica aqui o meu repúdio ao prefeito de Montes Claros! É muito simples encher uma Van de venezuelanos e qualquer outra pessoa de vulnerabilidade social e mandar para outro lugar. Que coisa feito, prefeito! Mas vamos acolhê-los e a cidade já os acolheram. Vamos tentar minimizar o sofrimento não só deles, mas de cada um dos cidadãos que aqui estão.”

Continua depois da publicidade

Na última quarta-feira (9), o Site Mega Cidade havia publicado matéria mostrando a situação dos venezuelanos que chegaram a serem presos na Avenida Norte-Sul, bairro Boa Vista, por utilizar adolescentes e crianças para pedir esmolas nas ruas de Sete Lagoas.

Na ocasião, todos estavam hospedados na “Pensão Diamantina”, onde acompanhados pelo Conselho Tutelar, apresentaram os documentos das adolescentes e crianças.

O proprietário da pensão teria dito que inicialmente apenas alugou os quartos para alguns venezuelanos e que posteriormente começaram a chegar mais. Segundo ele, já até pediu para que eles saíssem da pensão, mas não foi atendido, sendo que apenas fornece a hospedagem e não alimentos. Disse ainda que quem realizava o pagamento das diárias eram os próprios venezuelanos.

Continua depois da publicidade

Após pegar os documentos dos envolvidos policiais foram até o posto castelo para a confecção do registro, tendo as crianças e adolescentes deslocadas com o Conselho Tutelar até a Rua João XXIII, bairro Boa Vista e em seguida retornaram até o Posto Castelo e depois para a delegacia de Polícia de plantão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.