Terça, 03 de Agosto de 2021
31 99616-7463
Cidades Vacinação

Secretário de Lagoa Santa e 150 servidores aparecem em lista de fura-filas

Vereadores conseguiram lista que contém outros 150 nomes de servidores, incluindo em home office, após acionar a Justiça. Imunização teria acontecido em fevereiro

16/06/2021 15h38
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com O Tempo
Câmara vai discutir a denúncia na próxima sexta-feira (18) Foto: Prefeitura de Lagoa Santa / divulgação
Câmara vai discutir a denúncia na próxima sexta-feira (18) Foto: Prefeitura de Lagoa Santa / divulgação

Nos mesmos moldes do escândalo que levou à exoneração do ex-secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e na abertura de uma CPI na Assembleia, uma lista com pelo menos 150 servidores de Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, é investigada por suspeitas de furar a fila da vacinação contra a Covid-19. 

A denúncia aponta ainda que o atual secretário de Saúde da cidade, Gilson Urbano, foi imunizado ainda em fevereiro, quando as poucas doses eram disponibilizadas para profissionais da saúde que atuavam com o tratamento da doença e idosos acima de 90 anos. Conforme o vereador Leonardo Daher (PL), a lista só foi obtida depois que a Justiça foi acionada.

"Eu pedi a lista há 50 dias, e ele não entregou. Cumpriu-se o prazo do regimento interno, e, ao invés de enviar a lista para a Câmara, encaminhou um plano de imunização. Entrei na Justiça, com mandado de segurança, e tive acesso. Lá está todo mundo que tomou, na época as pessoas que foram imunizadas não podiam ter tomado", contou o parlamentar. 

Continua depois da publicidade

Além do secretário, aparecem na listagem arquitetos, motoristas, vigias e até profissionais que atuavam em home office, contrariando as recomendações do Plano de Imunização contra a Covid-19. "Até agora a prefeitura não falou nada, e isso é uma ação que já vem há quase 70 dias andando na cidade, estou alertando disso há muito tempo. E a gente sabia que tinha algo errado pela demora em entregar a lista", enfatizou.

Câmara pode pedir afastamento do secretário

Os vereadores de Lagoa Santa se reúnem na próxima sexta-feira (18) para definir os rumos das investigações. Segundo Daher, pode ser aberta uma CPI na Casa e até buscar o afastamento do secretário. "É comprovado já, ele pode falar que o plano de imunização permitia, mas mentira. Ele seguiu a mesma coisa que o estado fez e o secretário da época foi exonerado", enfatizou o parlamentar, que ainda vai solicitar a quebra do sigilo do documento para que a lista se torne pública.

Continua depois da publicidade

Em nota, a Prefeitura de Lagoa Santa informou que "até o presente momento não recebeu nenhum comunicado da Câmara Municipal de Lagoa Santa em relação às questões da vacinação contra a Covid-19 no município". De acordo com o Executivo municipal, todos os fatos serão esclarecidos sobre os procedimentos adotados em relação ao Plano Municipal de Imunização.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.