Segunda, 29 de Novembro de 2021
31 99616-7463
Cidades Solidariedade

Após mobilização, homem que comia ração por falta de alimento vai ganhar casa nova

Com a ajuda, Jorge hoje come com dignidade

18/09/2021 10h39
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com BHAZ
Com a ajuda, Jorge hoje come com dignidade (Cleison Gomes/Arquivo pessoal)
Com a ajuda, Jorge hoje come com dignidade (Cleison Gomes/Arquivo pessoal)

A história de Jorge Gomes, morador de Igarapé de 51 anos, comoveu centenas de pessoas ao ser compartilhada nas redes sociais. Em julho deste ano, um amigo revelou que o homem chegava a comer ração de cachorro quando não conseguia comprar alimento (relembre aqui). Com a mobilização de vários doadores, agora Jorge vai ganhar uma casa nova na cidade da região metropolitana de Belo Horizonte.

Cleison Borges de Souza, que compartilhou a história de Jorge e criou uma campanha para ajudá-lo, conta que arrecadou cerca quase R$ 13 mil com a ajuda de quem se solidarizou. Paralelamente, Henrique Rocha, conselheiro do Instituto Galo, também se comoveu e criou uma vaquinha, que juntou cerca de R$ 14 mil.

Com outros meios de arrecadação, eles receberam ainda mais dinheiro e já conseguiram regularizar a situação do lote, da luz e da água na casa atual de Jorge Gomes. Depois disso tudo, ainda sobraram R$ 32 mil, que serão investidos na construção de uma nova casa.

Continua depois da publicidade

Casa nova

Cleison conta que a casa em que Jorge mora hoje corre risco de desabar e não pode ser reformada. Por isso, eles decidiram construir uma do zero, no mesmo lote. “Vai ser uma casa pequena, com um quarto, sala, cozinha, banheiro e varanda, mas com todo o conforto para ele”, detalha.

“Achamos mais fácil juntar todo o dinheiro em uma só conta, então ficou tudo com o Instituto Galo. Como eles precisam prestar contas, estamos só terminando de contratar prestadores de serviço que emitam nota fiscal para começar a obra”, explica Cleison Borges.

O amigo ainda conta que o lote onde Jorge Gomes mora não tem muro ou portão, ou seja, fica desprotegido noite e dia. O morador até queria investir o dinheiro em um muro, no lugar da casa nova, mas Cleison não aceitou deixá-lo em uma casa que corria risco de desabar.

Continua depois da publicidade

“Vamos fazer essa obra, e se sobrar algum dinheiro compro uns tijolos e faço um vídeo pedindo ajuda para completar o valor do muro”, completa. Quem já quiser contribuir para que Jorge consiga um muro e um portão no lote pode enviar qualquer valor para o PIX de Cleison: a chave é 09184691638. Os interessados também podem acompanhá-lo pelo Instagram, onde ele publica atualizações sobre a jornada de Jorge, neste link.

Comida boa e qualidade de vida

Com a repercussão do caso, Jorge Gomes agora também come com dignidade: toda semana, Cleison faz compras para ele e abastece a casa com carne, arroz e outros mantimentos. “Eu até cheguei a dar um cartão para ele, mas só comprou bombom, besteira, igual menino”, brinca.

Por ser voluntário da Cufa (Central Única das Favelas) Igarapé, Cleison também recebe doações, que contribuem para a alimentação de Jorge. Além disso, o amigo já o levou ao dentista – que vai colocar em Jorge uma dentadura e alguns implantes -, para cortar o cabelo e fazer a barba; e até para visitar a obra da Arena MRV, futuro estádio do Atlético, seu time do coração.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.