Sexta, 03 de Dezembro de 2021
31 99616-7463
Esportes Zoação

Torcedor sete-lagoano do Galo tatua taça errada, vira piada entre amigos e fará nova arte

Rafael Teixeira, o Faísca, levou o erro na esportiva e conta à Itatiaia a repercussão desta história inusitada

22/11/2021 18h07
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Itatiaia
O torcedor Rafael Teixeira, o Faísca, tatuou a taça a versão antida da taça do Brasileiro e viralizou nas redes
O torcedor Rafael Teixeira, o Faísca, tatuou a taça a versão antida da taça do Brasileiro e viralizou nas redes

A vitória por 2 a 0 sobre o Juventude, no último sábado (20), fez muitos atleticanos deixarem a cautela de lado e soltarem o grito de "campeão", ainda nas cadeiras do Gigante da Pampulha. Restando cinco partidas para o alvinegro encerrar a participação no Campeonato Brasileiro e, após hiato de quase 50 anos, sentir novamente o gostinho da volta olímpica, um torcedor foi além ao eternizar a taça da competição mais importante do país na perna.

Contudo, além de irritar alguns amigos ao antecipar um feito ainda não garantido matematicamente, o instrutor de trânsito Rafael Teixeira, o Faísca, errou na imagem do troféu, utilizando imagem da patrocinadora antiga.

"Sou atleticano doente. Eu baixei na internet e joguei 'taça do Campeonato Brasileiro', e caiu essa (da Chevrolet). Eu não sabia que havia mudado de patrocinador (Assaí). Fiz na sexta-feira (19) e até então ninguém tinha falado comigo. No final de semana fui no Mineirão, o povo tirou foto e não reparou. Hoje, num grupo do futebol, um amigo reparou e todo mundo começou a me zoar. Os cruzeirenses estão brincando, dizendo que fiz a taça do Cruzeiro, do Flamengo", conta Rafael.

Continua depois da publicidade

"Eu que mandei a imagem para o meu tatuador. Ele disse que agora preciso esperar cicatrizar, mas que dá para consertá-la, colocando o patrocinador correto", acrescenta o atleticano, radicado em Sete Lagoas, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Apesar de aguentar toda zoação dos amigos e de ter viralizado nas redes sociais, ele leva na esportiva e se garante. Sem o receio de o caneco não ocupar espaço na sede de Lourdes, ele apenas conta os dias para soltar o grito e, claro, dar um jeito na gafe cometida.

"O 'trem' repercutiu de um tanto, todo mundo me ligando, a zoeira tá grande e meu celular não para mais", finaliza. 

Continua depois da publicidade

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.