Sexta, 03 de Dezembro de 2021
31 99616-7463
Polícia Ocultação de cadáver

Funcionários de UPA são presos suspeitos de ocultar cadáver em MG

Corpo foi encontrado enterrado no quintal da casa do pai de um dos suspeitos

23/11/2021 11h24
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com O Tempo
Corpo foi encontrado enterrado no quintal da casa do pai de um dos suspeitos Foto: Reprodução/Policia Civil
Corpo foi encontrado enterrado no quintal da casa do pai de um dos suspeitos Foto: Reprodução/Policia Civil

Uma mulher e dois homens foram presos, na última sexta-feira, suspeitos de envolvimento em um homicídio e ocultação de cadáver em São João Del Rei, localizada na região do Campo das Vertentes, em Minas Gerais. De acordo com a Polícia Civil, dois dos envolvidos no crime são funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município e já tinham passagem pela polícia.

O corpo da vítima, Elbert Cerqueira da Costa, de 47 anos, foi encontrado no quintal de uma residência. Nesta segunda-feira (22), em entrevista coletiva a PC informou que que dois envolvidos confessaram o crime.

Os familiares de Elbert acionaram a polícia para informar o seu desaparecimento. Conforme relato dos parentes, a vítima teria ido para casa da namorada, onde teria sido morto por enforcamento.

Continua depois da publicidade

Segundo a delegada Ariadya Tavares após a localização do corpo foi possível prender a namorada e os outros dois indivíduos pelo crime de ocultação de cadáver, uma vez que o homicídio havia ocorrido há três dias.

Ainda, conforme divulgado pela corporação, o corpo foi encontrado enterrado no quintal da casa do pai de um dos suspeitos, que também foi preso por ocultação de cadáver, mas pagou fiança e responderá pelo crime em liberdade.

A investigação segue em andamento e a Polícia Civil ainda busca descobrir a motivação do crime.

Continua depois da publicidade

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.