Quarta, 28 de Fevereiro de 2024
28°

Tempo nublado

Sete Lagoas, MG

Cultura Autismo

No mês da conscientização sobre autismo, a exposição "Natureza Viva: a arte por trás da memória"

11/04/2023 às 13h44
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Press Manager
Compartilhe:
No mês da conscientização sobre autismo, a exposição

No mês da conscientização sobre autismo, uma exposição em Belo Horizonte ganha destaque e incentiva a inclusão de artistas neurodiversos na cena cultural da capital mineira. “Natureza Viva: a arte por trás da memória” apresenta obras de Lucas Ksenhuk, que retrata, por meio de pinceladas marcantes e precisas, histórias e memórias sob seu olhar. Com entrada gratuita, a mostra fica em cartaz de 25 a 30 de abril na FIEMG, em uma iniciativa da Empresa 1, Consulado do Canadá no Brasil, Clínica Florescer e FIEMG.

Diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista (TEA) aos dois anos, Lucas Ksenhuk encontrou, na pintura, uma nova forma de se expressar. Com mais de 15 obras em exibição, “Natureza Viva” é um tributo à vida e aos elementos naturais existentes no mundo. A mostra traz obras criadas a partir de observações da natureza, sob a perspectiva do artista.

Com suas cores e traços autênticos, o artista retrata o movimento da natureza com intensidade ao mesmo tempo em que mostra a sutileza da arte e da vida. Em cada peça, ele expressa de forma potente seus sentimentos e emoções. “São obras abstratas e figurativas que criei a partir das minhas observações da terra, do céu e do mar. O que vejo e sinto estão expostos nas telas e espero que o público possa entrar nesse meu universo e sentir a potência da arte na minha trajetória como artista e pessoa”, explica Lucas Ksenhuk. 

Para Fábio Ferreira Juvenal, CEO da Empresa 1, idealizadora da exposição, é essencial ampliar as oportunidades para pessoas com neurodiversidade, seja ela qual for, em todas as áreas, potencializando o que têm de melhor. “Incluir os neurodiversos na sociedade é primordial. A diversidade, em vez de nos separar deve nos unir e temos muito o que aprender para estarmos aptos tanto naquilo que produzimos como empresa de tecnologia assim como estarmos preparados para o acolhimento no nosso ambiente. Incentivar ações como a mostra do Lucas permite que mais pessoas entendam isso e possam fomentar mais diversidade e inclusão em seu entorno”, reforça. 

Promovida pelo Consulado do Canadá no Brasil e idealizada pela Empresa 1 em parceria com a Clínica Florescer e a FIEMG, a mostra busca refletir sobre a importância da conscientização da inclusão de pessoas neurodiversas, dentro de um contexto educacional na sociedade.  

Durante a semana de exibição da exposição, a Empresa 1, que se destaca no mercado com soluções para mobilidade urbana, também fará imersões com seus colaboradores, mostrando como a organização pode ser fonte de apoio para famílias com crianças neurodiversas. “Quanto mais as ações forem multiplicadas, mais força ganham para promover inclusão e apoio necessários. A Empresa 1 já tem em seu DNA esse olhar cuidadoso para a sociedade e embora o assunto ganhe destaque durante o mês de abril, continuamos com outras imersões e debates ao longo do ano, para que seja algo recorrente e participemos ativamente das mudanças sociais”, conclui a gerente de marketing da Empresa 1, Christine Lana. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes