Quarta, 12 de Agosto de 2020
31 99616-7463
Cidades Tapa-buracos

Operação tapa-buracos da Prefeitura continua em várias regiões de Sete Lagoas

08/07/2020 09h24
Por: Redação Fonte: Ascom da Prefeitura de Sete Lagoas
Operação tapa-buracos da Prefeitura continua em várias regiões de Sete Lagoas

Continua em ritmo acelerado a maior operação tapa buracos realizada pela Prefeitura em Sete Lagoas. Mais de cem bairros já foram contemplados com o serviço e, na maioria das ruas, a recuperação da pavimentação não era realizada há anos. 

Sete Lagoas tem mais de quatro mil vias públicas e, para cobrir a enorme demanda, foram realizados dois processos licitatórios em menos de um ano para execução dos serviços. O contrato que está em vigor é de cerca de R$ 8 milhões e, com o fim do período chuvoso, o serviço está sendo executado até nos fins de semana.

Somente nos seis primeiros dias de julho a operação passou pelos seguintes bairros: Cidade de Deus, Nossa Senhora do Carmo, Santa Luzia, São Francisco, Centro, Jardim Arizona, São João, São Dimas, Alvorada, Nova Cidade, São Vicente, Emília, Fatima, Canaã, Chácara do Paiva, Santa Rosa, Progresso, Santa Maria e Morro do Claro. “Várias ruas precisavam deste serviço há mais de 20 anos. Esta proposta de mudar a cara de Sete Lagoas passa por este investimento na melhoria de nossas vias. Algumas chegaram a ficar intransitáveis”, comenta o prefeito Duílio de Castro. 

Continua depois da publicidade

O cronograma definido pela Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança foi iniciado em agosto de 2019 e, no primeiro momento, priorizou ruas e avenidas que recebem um grande fluxo de veículos e também são rotas do transporte coletivo. Agora, o serviço contínuo atua em ruas e avenidas de todas as regiões de Sete Lagoas.

Nesta segunda-feira, as turmas trabalham no bairro Emília e CDI e esta semana ainda estão no cronograma vias do Centro, Jardim Arizona e, na sequência, serão Itapuã, Luxemburgo, Bela Vista e São João. No próximo sábado, um mutirão deverá ser realizado no bairro Tamanduá. 

No período de maior operação, foram consumidos 23 caminhões por dia de Concreto Usinado a Quente (CBUQ), que é o asfaltamento com maior durabilidade e qualidade no resultado final.

Continua depois da publicidade

VEJA MAIS FOTOS NA GALERIA ABAIXO!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.