Quarta, 19 de Janeiro de 2022
31 99616-7463
Política Ataque

Bolsonaro chama governador do Maranhão de "comunista gordo", o qual reage: "Vai trabalhar"

14/01/2022 09h06
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com BHAZ
Bolsonaro chama governador do Maranhão de

O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez comentários preconceituosos relacionados ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB). Em conversa com apoiadores, nessa terça-feira (11), o presidente da República disse que os “chefes de países comunistas são gordos”, e mencionou o governador. Em resposta, Dino disse que a “piada” de Bolsonaro é compatível com sua “escassez de neurônios”.

Conforme conversava com apoiadores, um deles se apresentou e disse que era do Maranhão. Ao que Jair Bolsonaro disse: “O governo do partido comunista do Brasil. Você já reparou que nos países comunistas, geralmente, o chefe é gordo”. Em volta deles, todos davam risadas.

“Coreia do Norte? Gordinho. Venezuela? Gordinho. Maranhão?”, disse Bolsonaro, sem mencionar o nome de Flávio Dino. Mesmo assim, os apoiadores pareceram entender de quem se tratava e deram risadas.

Flavio Dino rebateu o comentário preconceituoso do presidente na noite de ontem (11), e o mandou ir trabalhar: “1. ‘Piada’, além de sem graça, repetida. Compatível com a notória escassez de neurônios do indivíduo”, disse o governador do Maranhão.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.