Quarta, 19 de Janeiro de 2022
31 99616-7463
Saúde Coronavírus

Sete Lagoas registra aumento da taxa de contaminação por COVID-19

A taxa de incidência subiu de 0,2 para 1,74 pacientes, entre a última semana de dezembro e a primeira de janeiro

14/01/2022 10h33
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Estado de Minas
Foto: Luiz Cláudio Alvarenga
Foto: Luiz Cláudio Alvarenga

A primeira semana epidemiológica do ano de Sete Lagoas, registrou aumento da taxa de contaminação por COVID-19.  Segundo a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, foram 426 novas contaminações na cidade, sendo 2,22 pacientes por mil habitantes.

A taxa de incidência subiu de 0,2 pacientes, entre os dias 26 de dezembro e 1º de janeiro (semana 52), para 1,74 pacientes, entre os dias 2 e 8 de janeiro (primeira semana de 2022). Na análise mensal, foram 52 óbitos em junho, 24 em julho, 16 em agosto, setembro teve três óbitos, outubro e novembro contaram com dois óbitos cada, dezembro registrou um óbito e janeiro segue com dois, até o momento.

De acordo com último boletim, divulgado pela prefeitura nesta quinta-feira (13/1), o município contabilizou 24.418 contaminações por COVID-19, com a confirmação de 76 novos casos. A cidade tem 618 óbitos, desde o início da pandemia, e o último foi nesta quarta-feira (12/1), um bebê do sexo feminino, de apenas sete meses, que estava internado no Hospital Nossa Senhora das Graças.

Continua depois da publicidade

Dos 12 internados no município, quatro estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e oito em enfermaria. Dos internados na UTI, três são de Sete Lagoas e um de Belo Horizonte.

A taxa de ocupação de leitos UTI COVID (SUS e particular) está em 30,8%. Levando em conta apenas os leitos do SUS, a ocupação está em 18,2%.

Vacinação no município

Continua depois da publicidade

 

Nesta sexta-feira (14/1), a comunidade surda recebe a Dose de Reforço para quem tomou a 2ª dose há mais de quatro meses, com apoio de tradução em libras, das 9h às 16h, no Cerest (Rua Paulo Frontin, 254, Centro). Documentos necessários para a vacinação: comprovante de 2ª dose, cartão SUS ou CPF.

 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, devido à grande procura, as doses da vacina da Pfizer se esgotaram nesta quinta-feira nas salas de vacinação do Município. Desta forma, não haverá cronograma de aplicação de vacinas nesta sexta-feira.

 

A prefeitura aguarda nova remessa de doses, por parte do Governo do Estado, para anunciar o próximo cronograma.

 

Já receberam a 1ª dose 184.805 pessoas. A 2ª dose foi aplicada em 173.100 pessoas e a 1ª dose da Janssen em 5.814 cidadãos. A dose de reforço foi aplicada em 40.278 pessoas.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.