Domingo, 26 de Junho de 2022
11°

Poucas nuvens

Sete Lagoas - MG

Polícia Tortura

Polícia prende trio que levava em Kombi corpo torturado em Esmeraldas

Givanildo Souza foi morto após sumiço de grande quantidade de droga

21/06/2022 às 14h11
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com O Tempo
Compartilhe:
Na ocorrência, a polícia apreendeu uma carabina, uma pistola, munição, carregador e celulares — Foto: Divulgação/PMMG
Na ocorrência, a polícia apreendeu uma carabina, uma pistola, munição, carregador e celulares — Foto: Divulgação/PMMG

A polícia prendeu na noite dessa segunda-feira (20) três homens no bairro Caracóis, em Esmeraldas, região metropolitana de Belo Horizonte, que levavam um corpo com sinais de tortura dentro de uma Kombi. Durante a abordagem, uma dupla que estava no veículo atirou contra os militares e tentaram fugir pela mata, mas foram localizados.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi informada sobre veículos suspeitos no bairro Dumaville e que os ocupantes estavam armados. Era uma Kombi, um Fiat Palio e uma moto, que escoltava os outros dois veículos. A guarnição então realizou uma operação de cerco e bloqueio e conseguiu interceptar a moto na LMG-432, próximo a um local conhecido como "Matão". Enquanto isso, uma outra viatura continuou a perseguir a Kombi, que parou próximo a um pontilhão no bairro Caracóis, quando três indivíduos desceram e atirando contra os policiais e fugiram pela mata. Do trio, dois foram localizados pelos policiais com apoio do helicóptero Pegasus. 

Durante as buscas, foi encontrado no veículo o corpo de um homem, identificado como Givanildo Gonçalves de Souza, de 27 anos, com sinais de tortura, enrolado em vários lençóis e com uma corda amarrada no pescoço. O corpo estava sem uma orelha e com inchaço no rosto.

Segundo o motociclista que foi abordado, o homicídio ocorreu por causa de uma grande quantidade de droga que tinha desaparecido e a vítima não soube informar nada sobre o caso. Givanildo Souza, então, passou a ser tratado como suspeito pela facção que atua na Vila Hortinha, em Ribeirão das Neves, como o responsável pelo sumiço. Na noite dessa segunda, a gangue decidiu que ia "arrancar da vítima o paradeiro" dos entorpecentes. Sendo assim, invadiram a residência dele, que fica na rua Sete, no bairro Dumaville e utilizaram de violência, como a tortura, para conseguir as informações. Como não tiveram resposta, praticaram o crime. 

Continua depois da publicidade

No imóvel, todos os cômodos estavam cobertos de sangue. A droga que sumiu tinha valor estimado de R$ 100 mil. O trio preso pertence à organização criminosa da Vila Hortinha e tem envolvimento com o tráfico, homicídios e outros crimes. Os presos foram atendidos e medicados no hospital municipal de Esmeraldas antes de serem encaminhados à delegacia de plantão de Ribeirão das Neves.

O autor que conseguiu fugir da polícia é tio do motociclista que escoltava o grupo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sete Lagoas - MG Atualizado às 08h03 - Fonte: ClimaTempo
11°
Poucas nuvens

Mín. 12° Máx. 26°

Seg 25°C 11°C
Ter 26°C 10°C
Qua 27°C 11°C
Qui 28°C 13°C
Sex 24°C 11°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio