Quarta, 21 de Fevereiro de 2024
22°

Tempo nublado

Sete Lagoas, MG

Polícia Bolsonaro

"Abin paralela": PF tem provas de que Bolsonaro recebeu informações

02/02/2024 às 10h01 Atualizada em 02/02/2024 às 11h21
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Metrópoles
Compartilhe:

A Polícia Federal (PF) tem indícios de que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) seria um dos beneficiados com o acesso de informações oriundas do esquema de espionagem ilegal da chamada “Abin paralela”. A informação é do portal Uol.

Esses indícios são frutos das novas provas colhidas nas buscas contra o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ) e o “filho 02” e vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). Ambos foram alvos da PF nas últimas semanas.

De acordo com a reportagem, essas provas foram apresentadas à Procuradoria-Geral da República (PGR) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) e serão analisadas profundamente nas próximas diligências.

Tais indícios indicam a existência de dossiês e documentos fabricados pela organização criminosa infiltrada na Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Segundo investigação da PF, esse material era impresso e entregue ao Palácio do Planalto, durante o governo de Jair Bolsonaro, entre 2019 e 2022.

De acordo com a Polícia Federal, uma organização criminosa se infiltrou na Abin, com o intuito de espionar adversários do clã Bolsonaro com ajuda do software FirstMile. Esse esquema ilegal de espionagem, sem aval da Justiça, ocorreu contra autoridades, jornalistas e advogados durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes