Domingo, 14 de Abril de 2024
26°

Tempo limpo

Sete Lagoas, MG

Polícia Cabeça de cachorro

Inquérito policial é aberto em João Pinheiro para investigar imagem de cabeça de cachorro em sacola

Denúncias apontam que a mulher reside na zona rural de João Pinheiro e se alimenta com carne de cachorro

17/02/2024 às 08h04 Atualizada em 17/02/2024 às 08h19
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com JP Agora
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A tarde de sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024, trouxe à tona um fato perturbador para a cidade de João Pinheiro. A reportagem foi alertada sobre uma mulher que supostamente transportava a cabeça de um cachorro dentro de uma sacola na rodoviária da cidade.

Segundo informações, a mulher da foto mora na zona rural de João Pinheiro e se alimenta da carne de cachorros há anos e, ainda de acordo com as informações, este fato é de conhecimento de todos no distrito.

Perguntada sobre o fato, a Polícia Civil de João Pinheiro relatou que foi informada sobre a foto e instaurou um inquérito para apurar os fatos. O delegado Danniel Pedro, da Sexta Delegacia de Polícia Civil de João Pinheiro, enfatiza o compromisso das autoridades em apurar a autenticidade da imagem e os detalhes do caso, reiterando a seriedade com que o crime de maus-tratos a animais é tratado pela legislação brasileira.

“As investigações conduzidas sob a mais estrita confidencialidade têm o objetivo de determinar a autenticidade da imagem em questão, bem como a realidade dos fatos a ela associados,” assegura a autoridade policial encarregada do caso. Adicionalmente, a polícia promete que “ao término das investigações, os resultados serão compartilhados com a comunidade, acompanhados dos devidos esclarecimentos e das ações legais pertinentes.”, disse o Delegado Danniel Pedro.

Ademais, ressalta-se que “a legislação vigente prevê penalidades severas para os crimes de maus-tratos contra cães e gatos, incluindo penas de reclusão que variam de dois a cinco anos, além de multa,” sublinhando o compromisso das autoridades com a proteção animal e a responsabilização de indivíduos que pratiquem tais atos de crueldade, destacou o Delegado.

A Polícia Civil de Minas Gerais apela à população de João Pinheiro para que “qualquer informação relevante ao caso seja prontamente comunicada às autoridades, contribuindo para a rápida resolução da investigação e a aplicação da justiça.”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sete Lagoas, MG Atualizado às 11h07 - Fonte: ClimaTempo
26°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

Seg 24°C 16°C
Ter 26°C 16°C
Qua 27°C 17°C
Qui 27°C 19°C
Sex 23°C 18°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes