Quarta, 30 de Setembro de 2020
31 99616-7463
Política Pagamento

Zema anuncia que 2ª parcela dos salários dos servidores será quitada dia 25

Governador de Minas disse que projeto com texto da reforma previdenciária será enviado à ALMG

17/06/2020 15h37
Por: Redação Fonte: O Tempo
Romeu Zema anuncia pagamento da segunda parcela do salário dos servidores Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG
Romeu Zema anuncia pagamento da segunda parcela do salário dos servidores Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) anunciou nesta quarta-feira (17), durante transmissão ao vivo em sua página oficial numa rede social, que vai pagar a segunda e última parcela dos salários dos servidores estaduais referentes ao mês de maio no próximo dia 25.

"Quero comentar aqui hoje que devido a um acordo com Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas de Minas Gerais e Defensoria Pública que vamos conseguir pagar, no dia 25 de junho, a segunda e última parcela do salário daqueles que ainda não receberam, e também o duodécimo. Isso só é possivel devido a essa boa vontade dos poderes, agradeço muito todos eles na figura de seus presidentes. Todos contribuíram para que o Estado pudesse conseguir pagar o restante da folha de pagamento", afirmou o governador.

A primeira parcela havia sido paga no dia 15 de junho, integralmente a funcionários da Saúde e Segurança Pública, diretamente ligados ao combate à pandemia de Covid-19. Os demais servidores haviam recebido R$ 2 mil.

Continua depois da publicidade

Ainda em seu pronunciamento, transmitido direto da Cidade Administrativa, Zema afirmou que nos próximos dias encaminha o projeto de reforma da Previdência do Estado para a ALMG. Segundo o próprio governador, Minas é um dos últimos entes da federação a tomar essa medida e faz o alerta sobre a urgência em sua aprovação.

"A situação (financeira) permanece crítica. Estaremos encaminhando, nos próximos dias, para a Assembleia a lei que reza a reforma da Previdência do funcionalismo. Minas Gerais é um dos últimos Estados a encaminhar e realizar essa reforma, que precisa ser feita até o próximo mês, caso contrário o Estado passará a perder recursos da União", completou.

Continua depois da publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.