Quinta, 06 de Agosto de 2020
31 99616-7463
Saúde Covid-19

Sete Lagoas registra 36 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira (29)

Taxa de letalidade da Covid-19 em Sete Lagoas é mais de 50% inferior à média nacional

29/07/2020 18h11
Por: Redação Fonte: Da redação com ascom prefeitura
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

O Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira, 29, informa que o óbito registrado na UPA no último domingo, 26, com suspeita de Covid-19 teve resultado negativo para a doença. Porém, outro óbito registrado no Hospital Nossa Senhora das Graças nesta terça-feira, 28, de um homem de 29 anos, é considerado suspeito, mas ainda sem resultado de exame. O caso está sendo acompanhado pela Secretaria de Saúde. 

O boletim ainda aponta aumento de 3,6% nas notificações de casos suspeitos de coronavírus nas últimas 24 horas, chegando a 6.432 desde o início da pandemia. A cidade tem agora 1.136 pessoas que apresentaram sintomas gripais e estão sendo monitoradas, 1.746 com monitoramento concluído e 2.800 que já testaram negativo. 

Mais 36 novos casos de Covid-19 foram confirmados em Sete Lagoas. São 20 mulheres e 16 homens. O total de casos positivos na cidade agora é de 786. Entre eles, 13 óbitos, 15 pacientes hospitalizados, 131 pessoas se recuperando isolamento domiciliar, sem complicações, e 627 curadas. 

Continua depois da publicidade

O número de casos suspeitos de Covid na cidade subiu mais 2,7% nas últimas 24h. Agora são 1182 pessoas sendo monitoradas e 2893 que já fizeram exame e tiveram resultado negativo. 

HOSPITALIZADOS
Ao todo são 41 pessoas hospitalizadas na cidade por causas respiratórias. Destas, 26 já testaram positivo para Covid. O restante são 15 pacientes de Sete Lagoas, quatro de Paraopeba, dois de Abaeté, dois de Inhaúma, um de Cordisburgo, um de Capim Branco e um de Papagaios. Desde total, quatro já tiveram resultado negativo para Covid e outros 11 aguardam resultado de exames.

Entre os 41 pacientes hospitalizados, 26 estão em leitos de enfermaria. Dos 15 leitos de UTI ocupados hoje na cidade, são 8 por pessoas de Sete Lagoas, quatro de Paraopeba, um de Abaeté, um de Caetanópolis e um de Cordisburgo. A taxa de ocupação de leitos de UTI, que estão destinados exclusivamente a pacientes com a doença, está em 34%.

Continua depois da publicidade

COMPARATIVO
Desde o início do monitoramento, em março, 70 pessoas com diagnóstico de Covid-19 foram internadas em Sete Lagoas, sendo que 11 foram a óbito, 15 estão hospitalizados atualmente e 44 se recuperaram e tiveram alta hospitalar. Outros dois pacientes foram a óbito, contaminados pelo novo coronavírus, mas não estiveram hospitalizados em Sete Lagoas e, por isso, não entram nesse cálculo.  Um no estado do Tocantins e outro em Timóteo (MG). 

 

Levando-se em conta a população da cidade, que hoje é estimada em torno de 240 mil habitantes, o índice de contaminação, ou seja, de casos positivos da doença, é de 0,32%. Se forem considerados os casos positivos, a taxa de hospitalização fica em 8,9% de infectados que precisaram ser internados. O índice de letalidade, entre os pacientes contaminados em Sete Lagoas, é de 1,6%. A nível comparativo, em Minas Gerais este índice fica em 2,1% e no Brasil em 3,6%.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.