Domingo, 16 de Maio de 2021
31 99616-7463
Tecnologia Alerta

Golpe de WhatsApp: NÃO seja mais uma vítima!

16/03/2021 15h28
Por: Redação Fonte: Por: Wellen Priscila | Advogada
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

15 de março de 2021            

São cada vez mais frequentes os golpes através do celular, principalmente os que envolvem o aplicativo de mensagens, por isso preparemos esse artigo, para que você saiba como os criminosos agem e como não cair nesses golpes.

Como funciona?

Continua depois da publicidade

As vítimas em sua maioria são escolhidas através das redes sociais, onde costuma ser fácil conseguir informações sobre pessoas próximas, telefone, e-mail, coisas que tem interesse...

Depois de escolherem o alvo, os criminosos fazem uma ligação para a “Vítima 1” de forma íntima, educada, como se fosse indicação de algum amigo ou parente, oferecendo uma vantagem ou uma proposta atrativa sobre algo que ela demonstra interesse em suas redes sociais.

Após essa abordagem, eles informam que para confirmar a participação ou a inscrição eles encaminham um número e pedem que a “Vítima 1” confirme se a mensagem chegou e quais são os números.

Continua depois da publicidade

O número que chega é o código de registro de WhatsApp, ao confirmar esse número, eles têm acesso ao WhatsApp do celular, e começam a se passar pela pessoa.

Ocorre também, de ao invés de clonarem a conta do aplicativo, criarem uma conta falsa, usando as informações que obtiveram da “Vítima 1”.

Na sequência, surge a“Vítima 2” que é o amigo, ou parente da “Vítima 1”, que recebe uma mensagem de uma pessoa se passando pela primeira vítima, como se esta estivesse passando por uma situação de urgência, e informando que precisa imediatamente de um depósito em dinheiro, mas garantindo que restitui a pessoa no dia seguinte.

A “Vítima 2” não tem em sua maioria tempo de reação, e por ser próxima de “Vítima 1”,de pronto se propõem a fazer o que está sendo solicitado.

Os criminosos então informam uma conta bancaria de uma terceira pessoa para que o dinheiro seja enviado. Se a pessoa efetua essa transação, dificilmente conseguirá reverter a situação.

Então como se prevenir?

Para não ser a “Vítima 1”, vá ao aplicativo do WhatsApp no seu celular, clique nos três pontinhos a direita em cima, depois em configurações, escolha a opção “conta” e logo em seguida a “confirmação em duas etapas”.

Com isso você estará duplamente protegido, lá você criará uma senha/PIN pessoal, que te dará uma proteção além do código de registro.

E para não ser a “Vítima 2”?

Vá ao seu aplicativo, repita os passos anteriores, mas agora ao invés de confirmação em duas etapas, você irá clicar em “segurança” e em “mostrar notificações de segurança”, assim quando seus amigos alterarem o código de registro deles, você receberá uma notificação e com isso já poderá ficar alerta de que se receber uma mensagem que te peça algum valor em dinheiro pode ser um golpe.

Automaticamente o aplicativo também já te informa se algum contato troca de número, então se receber mensagem de número estranho, mesmo que tenha a foto e o nome do seu conhecido, vá no contato que você já utiliza para se comunicar e verifique se o WhatsApp colocou alguma mensagem que a pessoa eventualmente tenha trocado de número.

E se receber a suposta mensagem?

Mantenha a calma, pense se essa pessoa realmente teria essa liberdade em te pedir algo desse tipo e desse valor, não responda a mensagem, tente primeiro ligar para confirmar.

Depois, peça informações sobre os dados, valores, nome completo, CPF da pessoa que irá receber o dinheiro, JAMAIS deposite em conta de terceiros. Dê preferência para depositar em conta que está realmente em nome do seu parente ou amigo, e se for o caso essa pessoa que transfira para quem ela quer pagar.

Podem surgir várias desculpas, que está sem o cartão, que está sem internet, que é urgente, mas desconfie, uma vez que você depositar o dinheiro, eles agem muito rápido e quando você perceber já não terá mais tempo de reverter a situação.

Não tinha essas informações e cai no golpe, e agora?

De imediato... isso mesmo, as providências agora devem ser rápidas!Nesse caso, tempo é dinheiro.

Se você ainda tem acesso selecione o seu aplicativo no celular, vá nos três pontinhos do lado direito em cima, entre na opção “WhatsApp Web” e se estiver logado em algum computador clique em desconectar.

Se não tiver mais, baixe o aplicativo novamente no seu celular, se conseguir entrar no aplicativo antes dos criminosos colocarem a verificação de duas etapas, quem estiver usando sua conta será desconectado.

Caso não consiga recuperar sua conta, envie um e-mail para [email protected],com a seguinte frase no assunto e no corpo do texto: "Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta". Inclua também o seu telefone no formato internacional: +55 (código do Brasil), o DDD de sua área e o número do celular.

De qualquer forma, tire prints, reúna documentos e faça um boletim de ocorrência informando a situação, não se esqueça, também é fundamentalque avise o maior número de pessoas possíveis.

Se foi você quem depositou o valor solicitado, tire print, pois em seguida eles apagam todas as mensagens, principalmente as que contem nome completo e CPF do destinatário.

Entre em contato na sua agência bancária tão logo tenha conhecimento do golpe, e também com o banco da conta de destino avisando o ocorrido, para tentar cancelar a transação ou para que bloqueiemo valor para impossibilitar os criminosos de sacarem ou efetuarem transferências do dinheiro, e evitar outras fraudes.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.