Segunda, 26 de Setembro de 2022
19°

Poucas nuvens

Sete Lagoas - MG

Tecnologia Golpes

Perfis do Instagram sofrem 'boom' de invasões em 2022

Saiba como se proteger

08/02/2022 às 14h12
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Itatiaia
Compartilhe:

Usuários do Instagram devem ficar atentos às invasões de perfis, alerta o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Segundo levantamento do órgão, realizado pela Coordenadoria Estadual de Combates aos Crimes Cibernéticos (Coeciber), apenas em janeiro de 2022 foram registradas 388 invasões seguidas de golpes. 

O número representa aumento de 273% em relação à média do segundo semestre de 2021 — 104 casos por mês. Segundo o MP, há relatos de vítimas ameaçadas e chantageadas pelos criminosos. O tema entra em evidência nesta terça-feira, 8 de fevereiro, dia da Internet Segura. 

A reportagem conversou com duas vítimas dos golpes. Os seguidores delas tiveram prejuízos financeiros superiores a R$ 1 mil com falsos anúncios. Em um dos casos, os criminosos se aproveitaram de rifas para fraldas de bebê que eram anunciadas pela dona do perfil. A reportagem também traz dicas de como se proteger e como agir caso seja sofra o golpe. 

O golpe 

Continua depois da publicidade

A maneira mais comum de invasão a perfis no Instagram ocorre a partir de um link enviado à vítima. A mensagem chega pelo "direct" da própria rede social ou em outros aplicativos, como o WhatsApp. Para enganar os usuários, os golpistas, normalmente, dizem tratar de ofertas e prêmios.

 

Ao clicar no link, o usuário é direcionado a um programa que revela os dados do titular da conta. Em outra forma enganar os usuários, os golpistas usam de malabarismos para perguntar códigos que chegam por SMS ao telefone da vítima. A combinação de números é a forma de redefinir a senha do Instagram. Com isso, os criminosos têm controle da conta. 

Uma das formas dos criminosos lucrarem com os acessos aos perfis é anunciar produtos, como celulares, videogames, móveis, entre outros, por preços abaixo do valor de mercado. Enganados, seguidores das vítimas são atraídos e pela confiança de ser um perfil "amigo" e transferem valores. 

Outra tática utilizada pelos criminosos é chantagear pessoas que usam o perfil no Instagram de maneira profissional, cobrando valores em dinheiro para "devolver" a conta. 

Vítimas

Annie Castro, estudante de fisioterapia, é uma das vítimas. À reportagem, ela conta que tentou acessar o Instagram e não conseguiu. "Pensei que fosse problema de internet", relata. 

Em seguida, recebeu várias ligações de amigos perguntando sobre itens que eram anunciados no perfil dela. "Airfryer, videogame, geladeira, um tanto de eletrodomésticos", conta. 

"Fiquei desesperada", relembrou. Annie, então, entrou em contato com os amigos e pediu para que eles denunciassem a conta. Mas já era tarde: dois seguidores dela caíram no golpe. Pensando comprar itens de uma amiga, os dois, juntos, transferiram mais de R$ 1 mil. 

O processo de recuperar a conta foi demorado. Isso porque, além de invadir a conta, os invasores alteraram informações do perfil, como senha, e-mail e número de celular. Annie precisou acionar o suporte do Instagram, onde cumpriu inúmeras etapas de certificação. 

"Eles pediram 1 dia útil para confirmar a solicitação. Se você me perguntar: você clicou em algum link ou colocou suas informações em algum lugar, eu responderei: não fiz isso. Eles simplesmente entraram [na minha conta]", lamentou. 

 

A jornalista Nayara Amancio, de 33 anos, também foi vítima e conta uma infeliz coincidência: horas antes de ter o perfil invadido, ela havia divulgado rifas, no valor de R$ 40 cada uma, para arrecadar fraldas para a sobrinha, que vai nascer dentro de cerca de dois meses. 

Os criminosos se aproveitaram disso para lucrarem. "O dinheiro que era para vir para a fralda da minha sobrinha, foi para o hacker. Gerou prejuízo financeiro para mim, que fiquei sem as fraldas, e para meus amigos que contribuíram com o projeto", lamentou. Os invasores também anunciaram eletrodomésticos e móveis no perfil dela. 

Nayara se diz "antenada às notícias" e ficou surpresa por ter caído no golpe. Ela recebeu uma mensagem, no direct do Instagram, do perfil de um amigo, que também teve a conta invadida. Se passando pelo amigo, o hacker disse ter comprado um curso online, mas que não conseguia acessar o link. Por isso, perguntou se Nayara poderia receber o endereço eletrônico por SMS e enviá-lo. 

"Eu sempre acreditei que o problema era clicar nos links. Eu copiei o link e colei no direct da conversa com ele. Depois que colei, percebi pequenos erros de português que meu amigo não cometeria", relembrou. Nayara também precisou entrar em contato com o suporte do Instagram e comprovar sua identidade por meio de vídeo. 

Dicas de segurança 

Conforme a especialista em segurança digital, Gracielle Torres, perfis com número alto de seguidores são os mais visados pelos criminosos por "darem credibilidade maior ao público". Gracielle elencou as principais dicas para evitar os golpes. Também estão listadas recomendações do MPMG.

- Construa uma senha forte;
- Ative a verificação em duas etapas em sua conta no Instagram, optando preferencialmente pelo uso de aplicativos de autenticação (como Google Authenticator, Microsoft Authenticator ou Lass Pass Authenticator) ao invés do envio de SMS.
- Não deixe a recuperação da conta apenas por SMS, porque, se houver clonagem do chip, a conta ficará vulnerável;
- Jamais repita senhas nas redes sociais, se a segurança de uma conta for violada, as demais estarão igualmente expostas;
- Não clique em links desconhecidos, especialmente enviados pelo "direct" do Instagram;
- Mantenha os dados atualizados;
- Alerte parentes e familiares, especialmente os mais idosos, sobre como esse tipo de crime ocorre e orientando-os a adotar os cuidados acima. 
- Não faça pagamento do produto ofertado mediante depósito ou Pix para terceiros. Se ainda havia dúvidas de que a oferta poderia ser falsa, o método de pagamento costuma confirmar que se trata de golpe. 

Tive minha conta invadida. O que fazer?

Caso os invasores já tenham tomado controle da conta, as recomendações são as seguintes: 

- Nunca delete a conversa realizada com o criminoso para servir de comprovação do crime;
- Peça alguém para fazer captura de telas (“print screen” ou “print” como é referido popularmente) da conversa e de ofertas fraudulentas feitas;
- Faça um Boletim de Ocorrência. Caso queira que o criminoso seja investigado e processado, é importante constar expressamente que deseja representar criminalmente contra o autor do crime;
- Informe imediatamente ao seu parente ou amigo caso veja alguma postagem incomum, especialmente a venda de produtos, no perfil do Instagram dele. 
- Caso tenha adquirido algum produto ofertado em perfil invadido, comunique imediatamente seu banco e o banco para o qual os valores foram transferidos, registrando reclamações formais. 

Para recuperar o controle da sua conta do Instagram, siga os seguintes passos: 

- Abra o aplicativo do Instagram no seu celular;
- Na tela de acesso, preencha o nome de usuário da sua conta e clique em “Esqueceu a senha?” se for no iPhone ou em “Obtenha ajuda para entrar” se for em celular com sistema Android; 
- Na tela seguinte, coloque novamente o nome de usuário e não clique em “Avançar”. Clique em “Precisa de Mais Ajuda?”; 
- Em seguida, se você estiver usando um iPhone, aparecerá a opção de receber uma mensagem por telefone. Marque a opção com o final do seu telefone e será enviado um código de segurança (“pin”). Contudo, se o criminoso tiver habilitado a verificação em duas etapas, não vai funcionar e você deve clicar em “tentar de outra forma” e, depois, em “obter suporte”. Se você estiver usando celular com sistema Android, clique em “Não consigo acessar este e-mail ou telefone”; 
- Na sequência, clique na opção “Minha conta foi invadida” e “Avançar”; 
- Depois marque a opção “Sim, eu tenho uma foto minha na minha conta”; 
- Na tela seguinte, em “Como podemos entrar em contato com você”, informe um e-mail para que sejam enviados os códigos para recuperação.
IMPORTANTE: precisa ser um e-mail novo, que nunca tenha sido utilizado no Instagram ou no Facebook; 
- Depois será pedido para você fazer uma “selfie” em vídeo e enviar pelo aplicativo. Com essa selfie, será feito o reconhecimento facial para a recuperação. Clique em enviar e você receberá uma confirmação; 
- Após algum período, será enviado um e-mail para o novo endereço que você forneceu, com um link para a recuperação da conta. 
- Caso ocorra algum erro, tente novamente com outro e-mail.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sete Lagoas - MG Atualizado às 08h53 - Fonte: ClimaTempo
19°
Poucas nuvens

Mín. 16° Máx. 30°

Ter 28°C 18°C
Qua 28°C 19°C
Qui 28°C 18°C
Sex 30°C 18°C
Sáb 33°C 19°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio