Sexta, 14 de Agosto de 2020
31 99616-7463
Política Repercussão

‘C* e andando pro Bolsonaro’: Versão de outdoor em Sete Lagoas bomba

12/07/2020 20h00
Por: Redação Fonte: BHz
À esquerda, versão ironizando o outdoor real, à direita
À esquerda, versão ironizando o outdoor real, à direita

 

Uma sátira de uma campanha de apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro, promovida por empresários em Sete Lagoas, tem repercutido nas redes sociais neste domingo (12). Após o município receber 10 outdoors enaltecendo o mandatário, críticos do Governo Bolsonaro resolveram fazer uma outra versão – apenas virtual.

7 Lagoas tá cagando e andando pro Bolsonaro”, afirmam os dizeres da montagem, que ainda traz o lema do presidente – “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” – e erros do outdoor original (acento na palavra apoia e falha na concordância “lojista unidos”).

Continua depois da publicidade

A sátira passou a ganhar as redes principalmente quando foi compartilhada pelo perfil do Mídia Ninja no Instagram, com mais de 2,5 milhões de seguidores, e pela página “O Brasil que deu certo“, que possui mais de 300 mil curtidas na mesma rede social.

Sátira do outdoor de apoio a Bolsonaro (Reprodução)

Continua depois da publicidade

“A população sensata de Sete Lagoas, Minas Gerais, fez uma versão melhor dos outdoors que foram colocados na cidade com um recadinho pro presidente. E o melhor de tudo? Essas versões estão repercutindo bem mais que os originais!”, afirma a descrição da publicação do Mídia Ninja.

A ironia caiu nas graças dos seguidores das páginas. “Como faz pra mudar a certidão de nascimento pra sete lagoas?”; “Alô, Sete Lagoas, quanto é a média de aluguel de uma casa com 2 quartos por aí?”; e “Acabo de descobrir meu lugar de origem hahahhahah” foram alguns dos comentários. 

“7 Lagoas tá cagando e andando pro Bolsonaro”, afirmam os dizeres da montagem, que ainda traz o lema do presidente – “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos” – e erros do outdoor original (acento na palavra apoia e falha na concordância “lojista unidos”).

A sátira passou a ganhar as redes principalmente quando foi compartilhada pelo perfil do Mídia Ninja no Instagram, com mais de 2,5 milhões de seguidores, e pela página “O Brasil que deu certo“, que possui mais de 300 mil curtidas na mesma rede social.

“A população sensata de Sete Lagoas, Minas Gerais, fez uma versão melhor dos outdoors que foram colocados na cidade com um recadinho pro presidente. E o melhor de tudo? Essas versões estão repercutindo bem mais que os originais!”, afirma a descrição da publicação do Mídia Ninja.

A ironia caiu nas graças dos seguidores das páginas. “Como faz pra mudar a certidão de nascimento pra sete lagoas?”; “Alô, Sete Lagoas, quanto é a média de aluguel de uma casa com 2 quartos por aí?”; e “Acabo de descobrir meu lugar de origem hahahhahah” foram alguns dos comentários. 

Campanha original

A campanha original foi instalada por apoiadores de Bolsonaro em dez pontos distintos da cidade na última quarta-feira (8). “7 Lagoas apóia (sic) Bolsonaro”, afirma o outdoor. Mais dez estruturas serão instaladas no próximo dia 20 de julho, segundo um dos líderes do movimento, que prefere manter o anonimato por medo de ataques.Dez outdoors foram instalados em Sete Lagoas (Divulgação)

“A ideia começou em Sinop, no Mato Grosso, com um grupo de produtores rurais, pecuaristas e empresários. E está se espalhando por todo o Brasil, até no Nordeste teve uma resposta grande. Nos próximos 15, 20 dias, o país inteiro vai ter outdoor com apoio a Bolsonaro, aí em BH um grupo vai instalar nesta semana”, afirma o bolsonarista.

Segundo o próprio, a repercussão tem sido muito positiva, apesar da montagem. “Isso a gente já esperava. Sete Lagoas teve uma votação muito expressiva para o Bolsonaro, quase 70% [69,7% dos votos válidos no 2º turno, segundo o TSE], mas ainda tem um grupinho que não larga. Petista, né?”, diz o líder, que ainda relata vandalismo em alguns outdoors. “Jogaram tinta vermelha, fizemos boletim de ocorrência”.

‘Apoio consciente’

Apesar de integrar o movimento que pretende instalar 20 outdoors de apoio a Bolsonaro, o bolsonarista não concorda integralmente com a política do presidente. “Fica complicado falar disso, dá muita repercussão. Apoiamos o Bolsonaro, mas a questão de saúde pública é muito complicada. Amanhã pode ser que exploda [o número de casos] e fica marcado que a gente tinha uma ideia [contrária ao distanciamento social]”.

“A gente acompanha a ciência. Defendemos a liberação do comércio desde que exista um número de leitos seguro etc”, afirma. “Mas a própria OMS (Organização Mundial de Saúde) está se contradizendo todos os dias. Ninguém sabe o que está acontecendo. Bolsonaro tem uma ideia própria de que é uma doença que não vai atingir toda a população, mas não quer dizer que eu concorde”, finaliza.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.