Quarta, 23 de Setembro de 2020
31 99616-7463
Polícia Homicídio

Dono dos sacolões Abastecer é assassinado com 12 tiros

Luciano José dos Santos chegou a ser socorrido para a UPA, mas depois de ser reanimado várias vezes, acabou morrendo

11/09/2020 09h07
Por: Redação Fonte: O Tempo
Crime aconteceu em frente a um dos estabelecimentos pertencentes à rede em Santa Luzia Foto: Reprodução/Google StreetView
Crime aconteceu em frente a um dos estabelecimentos pertencentes à rede em Santa Luzia Foto: Reprodução/Google StreetView

Doze disparos de arma de fogo atingiram o empresário dono da rede de sacolões Abastecer, Luciano José dos Santos, enquanto ele encerrava o expediente dessa quinta-feira (10). O homem, de 43 anos, não resistiu aos ferimentos, e morreu após ter sido socorrido.

O crime aconteceu em frente ao estabelecimento dele, no bairro São Benedito, em Santa Luzia.
 
A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada a UPA Cristina, mas depois de ser reanimado várias vezes, acabou falecendo.

Testemunhas disseram a Polícia Militar que um homem efetuou os disparos de dentro de um carro, que ainda não foi localizado.

Continua depois da publicidade

De acordo com a PM, Luciano já tinha passagens pela polícia por porte ilegal de armas.

Um funcionário do estabelecimento contou aos militares que dias antes dois homens foram até o local usando um Renault Clio, de cor preta, e um deles teria pedido desculpas a Luciano. Ainda segundo o funcionário, o patrão disse ter "gelado", pois para ele, os homens não sabiam seu endereço de trabalho. 

A testemunha disse também que o patrão participava de grupos de compra e venda de ouro, e que a dupla poderia ser de agiotas.

Continua depois da publicidade

Uma outra testemunha que não quis se indentificar disse à reportagem, que ouviu mais de dez tiros e, ao sair para rua, já viu o homem caído. "Ele vinha todos os dias, era conhecido de todos. A gente fica assustado, né?", relatou.

Até o momento, ninguém foi preso.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.