Segunda, 12 de Abril de 2021
31 99616-7463
Saúde Coronavírus

Mais 7 mortes e 148 novos casos da Covid-19 são confirmados em Sete Lagoas

A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, somando-se as unidades do SUS e da rede particular, voltou a subir em relação a ontem e chega hoje a 112,7%

08/04/2021 16h02 Atualizada há 3 dias
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com Ascom da Prefeitura de Sete Lagoas
Mais 7 mortes e 148 novos casos da Covid-19 são confirmados em Sete Lagoas

Sete Lagoas chega hoje a 15.515 contaminações por Covid desde o início da pandemia, com a confirmação de mais 148 novos casos positivos, sendo 77 mulheres e 71 homens. Estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde 2.168 pessoas e 3.787 já tiveram o acompanhamento concluído. Os testes negativos somam 28.832 desde o início da pandemia. Sete novos óbitos em decorrência de complicações da Covid foram confirmados: no dia 6, uma mulher de 50 anos que estava internada no Hospital da Unimed; no dia 7, na UPA, duas mulheres de 77 anos e um homem de 38 anos; e hoje, no Hospital Nossa Senhora das Graças, dois homens de 71 e 75 anos e uma mulher de 67 anos. Assim, Sete Lagoas chega a 331 óbitos até o momento, 114 pacientes da cidade hospitalizados com resultado positivo, 251 pessoas em isolamento domiciliar e 14.819 curados.

Hospitalizados
Dos 138 pacientes internados hoje, 62 estão em UTI e 76 em enfermaria. Entre os internados em UTI, são 53 de Sete Lagoas, três de Prudente de Morais, dois de Cordisburgo, dois de Pompéu, um de Santana de Pirapama e um de Capim Branco. Entre os internados, 109 testaram positivo para Covid, quatro tiveram resultado negativo e 25 aguardam resultados de exames.

No Hospital Municipal estão 49 internados, sendo 30 em UTI. No Hospital Nossa Senhora das Graças são 25 internações, sendo oito em UTI, das quais cinco em leitos do SUS. No Hospital da Unimed são 30 pacientes internados, sendo 13 em UTI. E na UPA são 34 internados, 11 deles em UTI. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid, somando-se as unidades do SUS e da rede particular, voltou a subir em relação a ontem e chega hoje a 112,7%. Se considerarmos apenas os leitos de UTI do SUS, esse índice é de 102,2%. Lembrando que ocupação acima de 100% não significa que há pacientes sem atendimento, mas sim que estão em leitos que não estão cadastrados no SUS, ou seja, não há pacientes desassistidos ou em macas pelos corredores em Sete Lagoas.

Continua depois da publicidade

Onda Roxa
Em reunião realizada ontem, o Comitê Extraordinário Covid-19, do Governo de Minas, definiu que o toque de recolher, que restringia a circulação de pessoas entre 20h e 5h, e a proibição das visitas domiciliares, estão suspensos em Minas Gerais. Porém, a norma passa a proibir a retirada em balcão em todo o comércio não essencial, das 20h às 5h. Assim, estabelecimentos como bares e restaurantes só poderão funcionar em formato de delivery neste horário. A onda roxa também foi prorrogada por mais uma semana em várias macrorregiões do Estado, incluindo a Central, da qual faz parte Sete Lagoas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.