Sexta, 17 de Setembro de 2021
31 99616-7463
Especiais Preguiça

Coluna Momento de Fé: Tema Preguiça com Pr. Francislei Mercês

28/07/2021 07h47
Por: Redação Fonte: Pastor Francislei Mercês
Pastor Francislei Mercês
Pastor Francislei Mercês

Quem nunca ficou curtindo uma preguiça antes de levantar da cama pela manhã que “atire a primeira pedra”. Mas atenção, ser demasiadamente preguiçoso é um sério problema.

A preguiça é considerada como um dos sete pecados capitais. Uma pessoa que vive com falta de capricho, de esmero, de empenho, em negligencia, lentidão e moleza; se não houver um problema de saúde, é um pecado da inação que impede de fazer o que é certo, impede de trabalhar ... a preguiça é negativa.

 A preguiça também pode ter origem espiritual pois, existe uma entidade chamado Belfegor, considerado como o demônio da preguiça que ataca as pessoas, fazendo-as sabotar o trabalho, deixando-as tristes, negligentes, inativas, melancólicas.

Continua depois da publicidade

A preguiça é contraditória as Sagradas Escrituras pois está escrito:

                                   “...vai ter com a formiga ó preguiçoso...Ó preguiçoso até quando dormirás, quando te levantarás do seu sono? ” (Pv 6:6/9)

 

Continua depois da publicidade

A ênfase desta passagem bíblica é nos alertar contra os perigos da letargia, da ausência de motivação na vida material e espiritual.  Porque é certo que a pobreza sempre estará mais perto dos que se aproveitam na cama até tarde da manhã ou que, andam de braços cruzados, curtindo o ócio, o não fazer nada, ficar à toa.

Quando eu era criança ouvia os mais velhos dizer: “se não trabalhar, não vai comer”. Nunca compreendi o porquê que os meus pais e avos diziam isso. No entanto, desde cedo, trabalhávamos muito, e era serviço braçal exigindo grande esforço físico. Hoje leio a Bíblia e medito na carta do apóstolo Paulo:

                                    ” ...se alguém não quiser trabalhar também não coma. ” (2 Ts 3:10)

Em outras palavras, a pessoa que é ociosa acaba enchendo o seu tempo com coisas nocivas, perigosas.

Cada um é responsável pela sua ação ou falta dela. A preguiça é um pecado de escolha individual, é a própria pessoa que decide não mudar ou melhorar. A pessoa se torna culpado porque prefere permanecer na inação, não reage, fica muito quieto, bocejando o dia inteiro, cruzando os braços...

Além disso, o assunto se torna ainda pior quando agimos de igual modo na vida espiritual onde, a falta de entusiasmo pela obra de Deus, pela missão que Ele nos deu, pela omissão de transmitir as Boas Novas de Cristo, pela falta de cuidado ou tristeza contra a alegria do evangelho é um sinal claro de preguiça espiritual, fazendo surgir todo tipo de reação negativa dentro de nós.

Merecemos o descanso? Claro que sim. Até mesmo porque só se cansa quem trabalha. Mas se permanecermos inativos, quietos, sem fazer nada além do tempo que precisamos para repor nossas energias; cuidado! Isso pode ser a Preguiça.

Pastor Francislei Mercês

Pr da Igreja Batista SHALOM

 

Siga-nos pelo Instagram: @francisleimerces  / @batista_shalom

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.