Segunda, 12 de Abril de 2021
31 99616-7463
Saúde Imunizante

Butantan garante que produção de Coronavac segue sem interrupção

Atraso na entrega de insumos vindos da China teria sido apontado como causa da paralisação de fabricação da vacina, contudo, instituto garantiu que produção não será afetada

08/04/2021 09h42 Atualizada há 4 dias
Por: Redação Fonte: Mega Cidade com O Tempo
Coronavac está sendo produzida pelo Instituto Butantan Foto: NELSON ALMEIDA / AFP
Coronavac está sendo produzida pelo Instituto Butantan Foto: NELSON ALMEIDA / AFP

O Instituto Butantan informou na noite desta quarta-feira (7) que a produção da Coronavac, imunizante contra a Covid-19, segue sem interrupção. Mais cedo havia rumores de que a fabricação havia sido interrompida por falta de insumos. "O Instituto Butantan esclarece que não interrompeu a produção da vacina contra o novo coronavírus", garantiu em nota encaminhada à redação.

De acordo com o comunicado, cerca de 2,5 milhões de vacinas encontram-se em processo de inspeção de controle de qualidade para serem entregues na semana que vem ao Programa Nacional de Imunizações. "Todas as doses provenientes do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) recebido da China já foram envasadas", confirmou o instituto.

O Butantan não comentou sobre o atraso na chegada dos insumos, que inicialmente estava previsto para sexta-feira (9), mas foi adiado para o dia 16. Mas disse que "com uma nova remessa de IFA, prevista para a próxima semana, será possível integralizar todas as 46 milhões de doses referentes ao primeiro contrato com o Ministério da Saúde até o dia 30 de abril".

Continua depois da publicidade

Desde janeiro, o Butantan entregou 38,2 milhões de doses da vacina ao país. A Coronavac foi o primeiro imunizante contra a Covid-19 a ser aprovado para uso no Brasil. Também foi a primeira a ser aplicada. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.